Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos coeficientes de variação, cálculo do tamanho da parcela e da amostra em experimentos na área de avicultura

Resumo

O Brasil destaca-se na produção de ovos, principalmente no Estado de São Paulo, e essa atividade agroindustrial move grande parte da economia do País. Com essa produção expressiva, ocorre uma grande demanda por pesquisa voltada a essa área. O aumento crescente da população e consequente maior demanda por alimentos, vem impulsionando o setor agropecuário, exigindo técnicas e estudos que incorporem as novas tecnologias e aumentem a produção. A avicultura, dada a sua grande representatividade no setor de produção de carnes e ainda por ser responsável por outra fonte proteica de grande importância na alimentação humana, o ovo, é um dos setores da agropecuária com grande destaque no desenvolvimento de tecnologias voltadas a otimizar a produção. Portanto, o número de estudos voltados à essa área é muito grande e ferramentas para melhor definição dos delineamentos destes estudos são de extrema importância, isso para melhorar a acurácia dos resultados e otimizar os custos. Sabe-se que o aumento do número de repetições proporciona maior confiabilidade nos resultados encontrados, contudo, esse aumento pode acarretar em onerações nas pesquisas, tornando-se um fator limitante em experimentos zootécnicos. Em adição, além dos altos custos na manutenção, questões bioéticas têm impulsionado a pesquisa a reduzir o número de animais na experimentação, o que pode invalidar os resultados obtidos, caso o número de amostras e tamanho de parcela seja menor do que o recomendado. De um modo geral, na experimentação, ensaios com baixa precisão podem fazer com que os pesquisadores obtenham conclusões incorretas dos resultados, e a falta de informação tem se constituído enorme problema para a experimentação zootécnica. Desse modo, aspectos importantes devem ser estudados, como o coeficiente de variação, o tamanho de parcelas e o número amostras, uma vez que, todos estes têm grande efeito sobre a variação experimental. (AU)