Busca avançada
Ano de início
Entree

A Fénix e o Atlântico: a Capitania de Pernambuco e a economia-mundo europeia (1654-1750)

Processo: 15/21348-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Pedro Luis Puntoni
Beneficiário:Pedro Luis Puntoni
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pernambuco  História econômica 

Resumo

Do fim das conflagraçõeses do período de dominação pela companhia holandesa de comércio ao inicio do controle de outra companhia, desta vez portuguesa, a economia de Pernambuco renasceu, por vezes prosperou, e sofreu com as crises e vicissitudes do mercado atlântico. Propõe-se, aqui, apresentar o desenrolar da história econômica da outrora capitania donatária, enfatizando sua produção para exportação (açúcar e tabaco) e as vinculações dos ramos produtivos com o tráfico de escravos. Trata-se de perceber como e em que medida o desempenho dos principais setores produtivos e mercantis da economia do Pernambuco colonial, no referido século, foram afetados pela dinamica da economia-mundo europeia, sem descuidar, contudo, dos efeitos das transformações econômicas que se operam no próprio Brasil, particularmente na primeira metade do século XVIII, e do que se passava nas áreas que eram as principais fontes de mao de obra forçada nas margens africanas do Atlântico. (AU)