Busca avançada
Ano de início
Entree

O Corago ou seja algumas observações para bem encenar as composições dramáticas

Processo: 15/20442-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Ópera
Pesquisador responsável:Monica Isabel Lucas
Beneficiário:Monica Isabel Lucas
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Música antiga  Século XVII 

Resumo

O corago é um tratado manuscrito italiano do século XVII sobre encenação de Óperas e teatro. Escrito antes do advento da implantação da ópera comercial em Veneza, o texto contempla todos os aspectos da mise en scène daquele período, fazendo paralelos com o que se imaginava sobre o teatro grego e descrevendo práticas contemporâneas. Da forma de construir os cenários, ao modo de calcular a perspectiva, dos gestuais e do modo de encaixa-los na poesia, dos modos de ação do coro às possibilidades de criação do compositor, da iluminação com lamparinas aos complexos maquinários cênicos, todas estas e outras questões são abordadas neste documento único para a arte da ópera em seu período de nascimento e para o teatro humanista. A provável autoria deste texto é de Francesco Rinuccini, filho do libretista seminal deste novo repertório. Atualmente a musicóloga Ligiana Costa se debruça sobre este documento como tema de seu pós doutorado na USP. Propõe-se aqui uma edição ilustrada e incrementada que contenha, além da tradução completa do texto (acompanhada de notas e comentários críticos), algumas imagens do manuscrito e uma série de artigos que virão dialogar com o texto, contextualizando ou abrindo novas e contemporâneas visões sobre o tema da encenação e seus desdobramentos. Deseja-se fazer uma edição que nem mesmo em sedes europeias foi realizada (a única edição atualmente existente, Olschki, não dispõe de imagens nem de artigos que situem e aprofundem o assunto. Esta edição contará, além da introdução fundamental dos musicólogos italianos Paolo Fabbri, com artigos de estudiosos brasileiros e estrangeiros encomendados especialmente para esta edição que terá curadoria de Ligiana Costa. A presente edição contará ainda com gravuras exclusivas realizadas a partir das descrições que o autor faz de 41 maquinários antigos, gravuras que serão desenhadas e comentadas por George Rembrandt Gütlich, devolvendo ao texto as ilustrações que se perderam.ARTIGOS PROPOSTOS:Introdução ao corago e à tradução. Ligiana Costa (Brasil) e Paolo Fabbri (Itália) O Corago e seus desdobramentos na contemporaneidade . Paolo Fabbri (Itália) A cenografia e o maquinário cênico seicentesca e suas conexões com a Grécia. George Gutlich e Maya Lemos (Brasil) (artigo ilustrado, com fac-símiles) A retórica do gesto. Francesca Gualandri (Itália) (artigo ilustrado, com fac-símiles) A construção da ópera barroca, do libreto à música. Paulo Kühl (Brasil) A retórica musical e seu desenvolvimento. Mônica Lucas (Brasil)Os atores de commedia dell`arte e os cantores das primeiras experiências operísticas. Ligiana Costa (Brasil). Os cantores no século XVII. Jean François Lattarico (França)As danças e as coreografias nas primeiras óperas italianas e francesas. Raquel Aranha (Brasil) (AU)