Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do analfabetismo funcional em saúde em cuidadores de idosos

Processo: 15/05523-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Alessandro Ferrari Jacinto
Beneficiário:Alessandro Ferrari Jacinto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cuidadores de idosos  Idosos 

Resumo

O analfabetismo funcional pode ser entendido como a incapacidade de usar impressos e informações escritas para trabalhar e conviver em sociedade, para atingir metas e desenvolver o conhecimento. O analfabetismo funcional pode estar presente nos serviços de saúde e é definido pela incapacidade de obter, processar e entender informações básicas para o bom aproveitamento por parte de seus usuários. Em idosos, as medidas de alfabetismo funcional estão significativamente correlacionadas com todos os domínios cognitivos. Como consequência da idade, muitos idosos têm suas capacidades funcionais reduzidas, necessitando da ajuda de um cuidador. É importante estar apto para reconhecer pessoas com habilidades de leitura e compreensão limitadas para que estas possam receber instruções especiais sobre o uso de medicações e o manejo de doenças crônicas. Desta forma, o objetivo deste trabalho é avaliar o nível de analfabetismo em saúde em cuidadores de idosos em dois setores públicos de assistência à saúde. (AU)