Busca avançada
Ano de início
Entree

Adsorção de Imunoglobulina G humana em microesferas de quitosana/alginato epoxiladas com corantes imobilizados: modelagem matemática das isotermas por redes neurais artificiais

Processo: 14/23893-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Igor Tadeu Lazzarotto Bresolin
Beneficiário:Igor Tadeu Lazzarotto Bresolin
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados: Ivanildo José da Silva Junior ; Jones Erni Schmitz
Assunto(s):Processos de separação  Biotecnologia  Redes neurais (computação)  Cromatografia de afinidade 

Resumo

A imunoglobulina G (IgG) humana é um anticorpo utilizado em diversas indicações terapêuticas. Como altas concentrações e pureza são requeridas, técnicas baseadas na adsorção seletiva, como a cromatografia de afinidade, são recomendadas para seu processo de recuperação e purificação. Desta forma, este trabalho de pesquisa tem como objetivo avaliar a adsorção de IgG humana em adsorventes de afinidade não-convencional, a base de quitosana e alginato contendo os corantes Reativo Verde, Reativo Azul e Cibacron Blue imobilizados como ligantes. A adsorção será avaliada em diferentes condições experimentais, variando o pH entre 6,0 e 8,5, e a temperatura entre 4º e 37º C. A modelagem dos dados de adsorção será feita utilizando redes neurais artificiais e comparada com métodos não lineares clássicos aplicados nos modelos de Langmuir, Langmuir-Freundlich e Temkin. Parâmetros termodinâmicos da adsorção, como a energia livre de Gibbs (DG0), a entalpia (DH0) e entropia (DS0), serão estimados via redes neurais artificiais e equações de van't Hoff e Gibbs-Helmholtz. Desta forma, será possível a obtenção dos dados necessários para a definição da condição ótima do processo de adsorção visando o aperfeiçoamento da técnica para ser aplicada na recuperação e purificação de IgG humana. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.