Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial biotecnológico de metabólitos secundários de fungos da Antártica com atividade contra bactérias fitopatogênicas

Processo: 15/20629-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Daiane Cristina Sass
Beneficiário:Daiane Cristina Sass
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesq. associados:Henrique Ferreira ; Lara Durães Sette ; Luiz Alberto Beraldo de Moraes ; Maria Lúcia Carneiro Vieira
Assunto(s):Fungos  Antibacterianos  Microbiologia aplicada  Biotecnologia  Metabólitos secundários  Xanthomonas 

Resumo

No Brasil, muitas doenças bacterianas, em especial aquelas causadas por bactérias do gênero Xanthomonas, afetam culturas agrícolas de grande importância econômica. A utilização de produtos químicos para o controle dessas doenças de plantas causam impactos negativos na saúde e ao meio ambiente. Portanto, a busca de alternativas sustentáveis de combate a estas doenças torna-se cada vez mais importante. Neste contexto, os metabólitos secundários tem despertado grande interesse como possíveis alternativas aos produtos químicos. Suspeita-se que metabólitos secundários ainda desconhecidos possam ser produzidos por fungos que vivem em ambientes extremos como a Antártica. Dessa maneira, este projeto tem como objetivo principal investigar a potencial atividade de metabólitos secundários produzidos por fungos isolados de diferentes solos da Antártica contra diversas espécies de Xanthomonas economicamente importantes para a agricultura do país. Para tanto, serão utilizados fungos coletados em solos na expedição Antártica no âmbito do INCT Criosfera, que estão preservados junto à Central de Recursos Microbianos da UNESP. Os extratos e os metabólitos secundários isolados serão testados contra Xanthomonas patogênicas das culturas de cana-de-açúcar, tomate, frutas cítricas, mandioca e maracujá. Este projeto poderá resultar na obtenção de metabólitos com alto potencial bactericida a serem utilizados na agricultura, bem como permitirá a ampliação do conhecimento da diversidade de metabólitos produzidos por fungos da Antártica e a estruturação de uma extratoteca, que servirá como fonte de amostras a serem investigadas em diversos modelos biológicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Fungos antárticos têm eficiência contra o cancro cítrico 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIN, VITOR RODRIGUES; FERRAREZI, JULIANO HENRIQUE; VIEIRA, GABRIELLE; SASS, DAIANE CRISTINA. Recent advances in the biocontrol of Xanthomonas spp.. WORLD JOURNAL OF MICROBIOLOGY & BIOTECHNOLOGY, v. 35, n. 5 MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
VIEIRA, G.; PURIC, J.; MORAO, L. G.; DOS SANTOS, J. A.; INFORSATO, F. J.; SETTE, L. D.; FERREIRA, H.; SASS, D. C. Terrestrial and marine Antarctic fungi extracts active against Xanthomonas citri subsp citri. Letters in Applied Microbiology, v. 67, n. 1, p. 64-71, JUL 2018. Citações Web of Science: 1.
PURIC, J.; VIEIRA, G.; CAVALCA, L. B.; SETTE, L. D.; FERREIRA, H.; VIEIRA, M. L. C.; SASS, D. C. Activity of Antarctic fungi extracts against phytopathogenic bacteria. Letters in Applied Microbiology, v. 66, n. 6, p. 530-536, JUN 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.