Busca avançada
Ano de início
Entree

Helmintos associados a girinos da Família Hylidae (Amphibia: Anura) da reserva florestal Adolpho Ducke, Amazônia Central

Processo: 15/13370-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Helmintologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Luciano Alves dos Anjos
Beneficiário:Luciano Alves dos Anjos
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Metacercárias  Trematoda  Nematoda 

Resumo

A maior diversidade de espécies biológicas do planeta está concentrada nas regiões tropicais. No entanto, a biota dessas áreas ainda é relativamente subamostrada, incluindo o grupo dos helmintos parasitas de anfíbios, que representa um verdadeiro "zoológico invisível". Apesar da grande diversidade de anfíbios, a helmintofauna é conhecida para cerca de 20% das espécies de anuros. A maioria dos registros são de pesquisas realizadas com anfíbios adultos. Para os estágios larvais, os girinos, existem pouco registros no Brasil onde foi encontrado o Cosmocercídeo Gyrinicola chabaudi em parasitando Leptodactylus latrans. O ciclo de vida dos anfíbios apresenta duas fases bem distintas, resultando em mudanças morfológicas e comportamentais que acabam favorecendo o intercâmbio de diversos grupos de parasitas ao longo dos hábitats utilizados pelos hospedeiros. Considerando a necessidade de ampliar o conhecimento sobre a diversidade de helmintos associados aos estágios larvais de anfíbios, este projeto visa descrever e caracterizar a composição da fauna de helmintos associados aos girinos da família Hylidae na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Amazônia Central. Serão amostrados igarapés permanentes e temporárias durante a estação de seca e a estação de chuva. Serão coletados 20 girinos e 10 adultos de cada espécie em cada ponto amostral, e todos os órgãos serão analisados à procura de helmintos. Este projeto terá como resultados principais a composição da helmintofauna associada aos anuros hylídeos, avaliando se existe diferença na composição entre as estações seca e chuvosa e entre as poças permanentes e temporárias. (AU)