Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo integrado de genética quantitativa e genômica para caraterísticas de interesse zootécnico em tambaquis (Colossoma macropomum)

Processo: 15/23883-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Alexandre Wagner Silva Hilsdorf
Beneficiário:Alexandre Wagner Silva Hilsdorf
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Campus da Sede Mogi das Cruzes. Mogi das Cruzes , SP, Brasil
Pesq. associados:José Bento Sterman Ferraz ; Luiz Lehmann Coutinho
Assunto(s):Melhoramento genético  SNP  Hormônio do crescimento  Colossoma macropomum  Genética 

Resumo

O consumo de carne de peixe varia conforme os hábitos alimentares das diferentes comunidades ao redor do mundo. O continuo aumento no consumo de pescado está relacionado aos benefícios a saúde deste tipo de alimento. Dentre aos vários aspectos biológicos para o aumento da produtividade da aquicultura o melhoramento genético tem se destacado. Assim como para outros animais terrestres de interesse econômico, o melhoramento genético de peixes tem obtido, ao longo dos anos, consideráveis resultados na produção de fenótipos mais produtivos. Tambaqui, Colossoma macropomum (Cuvier, 1818), é o maior representante da ordem Characiforme encontrado nas bacias dos rios Amazonas e Orinoco, sendo atualmente a espécie nativa com maior produção em cativeiro com 88.719.00 t em 2013. Propõe-se neste projeto, desenvolver uma abordagem multidisciplinar para a geração de conhecimentos acerca de características genéticas desta espécie para auxiliar futuros programas de melhoramento genético de tambaqui. Serão avaliados os seguintes fenótipos: ausência de espinhas intramusculares, área de olho de lombo e polimorfismos no gene do hormônio do crescimento (GH). A etapa experimental será conduzida na empresa Biofish Aquicultura e Alevinagem, localizada no município de Porto Velho - RO. Os estudos moleculares serão conduzidos no LAGOAA/UMC em parceria com o Laboratório de Biotecnologia Animal da ESALq/USP. As metodologias aplicadas serão: ultrassonografia, Genotyping by Sequence e microssatélites. Avaliar o controle genético de um fenótipo potencialmente tão importante como a ausência de espinhas intramusculares poderá aumentar ainda mais o consumo de tambaquis e a aceitação do mercado consumidor. As metodologias moleculares propostas no projeto são inéditas para espécie o que pavimentará uma área de conhecimento que poderá ser usada para outras espécies. Espera-se que os resultados oriundos do presente projeto possam contribuir com a geração de conhecimentos básicos que norteiem os futuros programas de melhoramento genético não somente de tambaqui, mas também de outras espécies nativas de interesse para piscicultura. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VAINI, JUSSARA OLIVEIRA; MOTA, KENNETH GABRIEL; OJEDA, ALEJANDRA PAOLA; BARREIROS, JODO PEDRO; MOREIRA, RENATA GUIMARAES; SILVA HILSDORF, ALEXANDRE WAGNER. Development and characterization of 20 polymorphic microsatellite markers for Epinephelus marginatus (Lowe, 1834) (Perciformes: Epinephelidae) using 454 pyrosequencing. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 42, n. 1, p. 74-79, JAN-MAR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.