Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de esferas de quitosana com fármacos e nanopartículas de prata

Processo: 15/23536-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Eliana Cristina da Silva Rigo
Beneficiário:Eliana Cristina da Silva Rigo
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Pesq. associados:Andrés Vercik ; Luci Cristina de Oliveira Vercik ; Renata Gebara Sampaio Dória ; Silvio Henrique de Freitas
Assunto(s):Aminoglicosídeos  Quitosana  Biomateriais 

Resumo

A artrite séptica, osteomielite e celulite são afecções ortopédicas que atingem os eqüinos com grande ocorrência levando ao comprometimento do desempenho desses animais. As formas de tratamento convencionais para as infecções ortopédicas são antibioticoterapia sistêmica, administração intra-articular de antibióticos e perfusão regional intravenosa com antibióticos. Porém, em sistemas convencionais, durante o processo de liberação do fármaco, ocorre uma elevação momentânea no organismo que pode atingir a níveis tóxicos, caindo drasticamente após um tempo, sendo necessárias altas concentrações para se atingir o objetivo necessário. Dessa forma, a proposta desse projeto é o desenvolvimento e avaliação do efeito antimicrobiano de esferas de quitosana com agentes antimicrobianos (aminoglicosídeos e nanopartículas de prata) para sistema de liberação controlada. As caracterizações físico-químicas serão realizadas utilizando-se técnicas de microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia no infravermelho (IV) e difração de raios X (DRX). O comportamento de absorção e liberação dos agentes antimicrobianos será analisado mediante a técnica espectroscopia no Ultravioleta-visível (UV-vis). A avaliação antimicrobiana será realizada pelo ensaio de halo de difusão em disco para Staphylococcus aureus e Escherichia Coli. Ao final pretende-se desenvolver um sistema de liberação de fármaco como forma alternativa de tratamento para as infecções ortopédicas que acometem os eqüinos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA VERCIK, LUCI CRISTINA; VERCIK, ANDRES; DA SILVA RIGO, ELIANA CRISTINA. Kinetics of silver nanoparticle release from chitosan spheres. MRS ADVANCES, v. 2, n. 19-20, p. 1089-1094, 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.