Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do microbioma intestinal de perus de corte desafiados com Salmonella Heidelberg e submetidos a diferentes programas de controle

Processo: 15/18350-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Raphael Lucio Andreatti Filho
Beneficiário:Raphael Lucio Andreatti Filho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular  Aves de corte  Perus (aves)  Ácidos graxos voláteis  Microbioma gastrointestinal  Salmonella heidelberg 

Resumo

O microbioma intestinal pode ser considerado como um órgão vital, devido à importância que o mesmo exerce, porém é necessário o aprofundamento das pesquisas para melhor compreensão desse complexo sistema, bem como da melhor forma de interferir no mesmo. Nesse sentido, a biologia molecular tem sido de grande valia, pois atualmente, o sequenciamento genético de nova geração é capaz de fornecer uma visão ampla do microbioma intestinal, bem como da sua resposta a agentes patogênicos e mudanças na dieta, como a inclusão de aditivos. Sendo assim, esse projeto tem por objetivo avaliar o microbioma intestinal (família e gênero) de perus de corte alimentados com dieta acrescida de ácidos orgânicos (AOs), probiótico e produto de exclusão competitiva (EC) e, posteriormente, infectados com Salmonella Heidelberg (SH), sorovar emergente na avicultura e saúde pública. Para tal, serão realizados dois ensaios com duração de 35 dias. Um deles será desenvolvido em gaiolas, em ambiente controlado, objetivando avaliar o efeito dos aditivos sobre o microbioma cecal, especialmente sobre a população de Faecalibacterium prausnitzii e produção de ácidos graxos voláteis (AGVs). O segundo experimento será desenvolvido em boxes com cama de maravalha e terá como objetivo avaliar a eficiência dos aditivos no controle da infecção por SH no ceco e órgãos internos, bem como o efeito sobre o microbioma do íleo e ceco, população de F. prausnitzii, morfometria intestinal e produção de AGVs. Com os resultados, espera-se ampliar o conhecimento sobre o microbioma intestinal de perus de corte e o efeito dos aditivos sobre o mesmo, bem como a ação destes no controle e redução da infecção por SH. (AU)