Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de extratos de endopleura uchi microencapsulados em dispersões sólidas para fins fitoterápicos

Processo: 15/25128-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Luis Alexandre Pedro de Freitas
Beneficiário:Luis Alexandre Pedro de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Spray drying  Fármacos  Anti-inflamatórios  Microencapsulação  Alimentos 

Resumo

Este projeto visa a preparação de dispersões sólidas contendo extratos de uxi enriquecidos em bergenina. A Endopleura uchi (Huber) Cuatrec, Humiriaceae, popularrnente conhecida como uchi, uxi-amarelo, uxi, uchi-pucu, axuá, pururu, uxi-liso, dentre outras sinonímias é uma promissora planta com atividade anti-inflamatória. O chá da casca de sua árvore para tratamento de hipercolesterolemias, hiperglicemias, processos inflamatórios, infecções do trato genito-urinário feminino e miomas uterinos. O uso popular ainda registra a sua associação com a também amazônica unha de gato (Uncaria tomentosa Will DC) como anti-inflamatório. A atividade anti-inflamatória de extratos da casca de uxi foi investigada enquanto avaliaram a atividade antimicrobiana de frações metanólicas de uxi contra varios microorganismos. Extratos secos de uxi com alto teor de bergenina foram estudados, comprovando a atividade antioxidante e antimicrobiana. A literatura concorda o seu principal marcador é a bergenina. A bergenina é um importante e reconhecido bioativo encontrado em diversas plantas, cuja estrutura já foi bem elucidada e é também conhecida por ácido ardísico B, bergenite, bergenitol, cuscutina, peltoforina e vaquerina. Dentre as atividades comprovadas para a bergenina encontram-se antiviral, antifúngica, antitussígeno, antiplasmodial, anti-inflamatória, anti-hepatotóxica, antiarrítmica, antitumoral, anti-ulcerogênica, antidiabética e cicatrizante. A bergenina tem baixa solubilidade em água e degrada-se facilmente em soluções alcalinas, resultando em uma estabilidade pobre, dependente das condições de conservação. A preparação de dispersões sólidas dos extratos de uxi enriquecidos com bergenina pode solucionar o problema da sua baixa solubilidade tornando viável sua aplicação como fitoterápico. Sendo assim, este projeto visa desenvolver uma tecnologia de ponta na área de secagem, que é a microencapsulação por spray drying ou spray congealing, e aplicá-la ao desenvolvimento tecnológico de derivados da planta brasileira Encopleura uchi (Huber) Cuatrec, Humiriaceae, com promissoras atividades biológicas, muito recentemente comprovadas por estudos científicos. Os extratos de uxi serão obtidos por maceração dinâmica e turbólise, visando a maximização da extração de bergenina. As possíveis interações entre fármaco-carreador serão avaliadas através de testes de solubilidade e dissolução como forma de triagem dos carreadores e com planejamentos multivariados. Ddispersões sólidas microparticuladas de Endopleura uchi serão preparadas pelos processos de "spray drying" e "spray congealing" com a utilização de planejamentos multivariados. As dispersões sólidas serão avaliadas por testes de solubilidade, dissolução e atividade antioxidante; verificação da interação droga-carreador por análise térmica, difração por raios-X, FTIR, e MEV, bem como pela sua estabilidade de acordo com as normas. Os melhores sistemas e condições de processo serão escolhidos com o auxílio de ferramentas de otimização para posterior avaliação da atividade in vivo pelo método de edema de patas. É importante salientar que um dos objetivos deste projeto também é a formação de recursos humanos em uma área carente no país, que é a tecnologia de fitoterápicos. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREITAS, L. V. D.; MONTES, A. C. R.; CAMPOS, E. I. A.; CONCEICAO, E. C.; TACON, L. A.; LANCHOTE, A. D.; FREITAS, L. A. P. Rice spouted bed for manufacturing inclusion complexes of Endopleura uchi L extracts in beta-cyclodextrin. PARTICUOLOGY, v. 42, n. SI, p. 208-215, FEB 2019. Citações Web of Science: 1.
PEDRO DE FREITAS, LUIS ALEXANDRE. Pharmaceutical applications of spouted beds: A review on solid dosage forms. PARTICUOLOGY, v. 42, n. SI, p. 126-136, FEB 2019. Citações Web of Science: 1.
TEIXEIRA, CRISTIANE C. C.; DE PAIVA JUNIOR, ELIAS; PEDRO DE FREITAS, LUIS ALEXANDRE. Fluidized Bed Hot-Melt Granulation as a Tool to Improve Curcuminoid Solubility. AAPS PHARMSCITECH, v. 19, n. 3, p. 1061-1071, APR 2018. Citações Web of Science: 3.
PEREIRA, SIMONE VIEIRA; REIS, RAYSSA A. S. P.; GARBUIO, DANIELLE CRISTINA; PEDRO DE FREITAS, LUIS ALEXANDRE. Dynamic maceration of Matricaria chamomilla inflorescences: optimal conditions for flavonoids and antioxidant activity. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 28, n. 1, p. 111-117, JAN-FEB 2018. Citações Web of Science: 5.
SIMONE VIEIRA PEREIRA; RAYSSA A.S.P. REIS; DANIELLE CRISTINA GARBUIO; LUIS ALEXANDRE PEDRO DE FREITAS. Dynamic maceration of Matricaria chamomilla inflorescences: optimal conditions for flavonoids and antioxidant activity. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 28, n. 1, p. -, Jan. 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.