Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do quiabo e/ou treinamento físico em animais com síndrome metabólica

Processo: 15/19893-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Alessandra Medeiros
Beneficiário:Alessandra Medeiros
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Pesq. associados:Claudia Maria da Penha Oller Do Nascimento ; Debora Estadella ; João Henrique Ghilardi Lago ; Patricia Chakur Brum
Assunto(s):Tecido adiposo  Músculo esquelético  Esteira rolante  Fígado  Coração  Sistema musculoesquelético 

Resumo

A síndrome metabólica (SM) é um conjunto de disfunções metabólicas que podem envolver hiperglicemia, resistência à insulina e dislipidemia. Comumente se apresenta associada ao diabetes tipo 2 e hipertensão arterial sistêmica, mas também pode estar associada à outras doenças cardiovasculares. Na SM há o comprometimento de diversos órgãos e sistemas, como por exemplo sistema cardiovascular, hepático, pancreático, entre outros. Recentemente o quiabo foi identificado como hipoglicemiante e antioxidante, sugerindo que sua ação pode colaborar para homeostase energética em modelos experimentais de SM. O treinamento físico (TF) há muito tempo já vem sendo sugerido como uma ferramenta importante para prevenção e/ou tratamento da SM. Dentre seus efeitos já elucidados pode-se destacar a melhoria do metabolismo energético e controle glicêmico. Baseado nessas informações, este projeto foi idealizado com o objetivo de identificar o perfil fitoquímico do quiabo que será utilizado e, a partir disso, caracterizar os efeitos terapêuticos do quiabo associado ou não ao TF em animais com SM. Após a identificação dos efeitos, tem-se o objetivo de investigar as vias intracelulares relacionadas nos efeitos encontrados. Para alcançar os objetivos anteriormente citados serão analisados aspectos bioquímicos, morfológicos, metabólicos e clínicos. Serão investigados fígado, músculo sóleo e plantar, ventrículo esquerdo, tecido adiposo e soro sanguíneo. Para a análise estatística será utilizado o programa Statistica e os resultados serão expressos como média ± erro padrão da média e analisados pelo teste t de student não pareado, ANOVA de uma ou duas vias, quando necessário. Em todos os resultados apresentados, será adotado 5% como limite de significância estatística (p<0,05). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASAGRANDE, B. P.; GOMES, M. F. P.; MOURA, E. O. C.; SANTOS, A. C. C.; KUBOTA, M. C.; RIBEIRO, D. A.; PISANI, L. P.; MEDEIROS, A.; ESTADELLA, D. Age-dependent hepatic alterations induced by a high-fat high-fructose diet. Inflammation Research, v. 68, n. 5, p. 359-368, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.