Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos ecológicos e moleculares da digestão da lignocelulose em cupins superiores neotropicais

Processo: 15/21497-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Alberto José Arab Olavarrieta
Beneficiário:Alberto José Arab Olavarrieta
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Maria Costa-Leonardo ; Fábio Márcio Squina ; Gabriela Felix Persinoti ; Thabata Maria Alvarez
Assunto(s):Microbiologia do solo  Diversidade microbiana  Lignocelulose  Metagenômica  Isoptera  Cupim 

Resumo

Devido à sua capacidade de digerir a lignocelulose, os cupins são considerados organismos chaves na manutenção da estrutura e da integridade dos ecossistemas já que são capazes de manter o balanço de carbono e incorporar matéria orgânica no solo. Eles também são considerados os menores biorreatores do planeta. A evolução dos cupins foi marcada pela mudança na composição dos simbiontes do trato digestivo e aquisição de estratégias mais eficientes para a digestão da lignocelulose resultando na diversificação da dieta. Entretanto, alguns aspectos da digestão da lignocelulose na maioria dos cupins neotropicais ainda são pouco conhecidos havendo a necessidade de se implantar pesquisas que retratem melhor esses organismos, seu impacto no ambiente e seu potencial na bioeconomia. O objetivo geral desta proposta estudar a digestão da lignocelulose e a estrutura da comunidade de microrganismos simbiontes em cupins superiores neotropicais integrando análises ecológicas e moleculares. Inicialmente, as funções da microbiota associada a Cornitermes cumulans serão comparadas por meio da análise metagenômica e metatranscriptômica. Posteriormente será avaliada a atividade das lignocelulases e composição funcional da comunidade da microbiota em seis espécies de cupins com estratégias alimentares diferentes, através de análises enzimáticas e sequenciamento dos loci 16S e ITS2. Espera-se que a estocagem do alimento por C. cumulans facilite a degradação da lignocelulose por microrganismos do solo antes da ingestão. Espera-se também que a digestão da lignocelulose e a composição da microbiota apresentem variação de acordo com os hábitos alimentares das diferentes espécies de cupins. Os resultados desta proposta permitirá um melhor entendimento das relações entre cupins e seus simbiontes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOREIRA, EDIMAR A.; ALVAREZ, THABATA M.; PERSINOTI, GABRIELA F.; ALVAREDO PAIXAO, DOUGLAS ANTONIO; MENEZES, LETICIA R.; FRANCO CAIRO, JOAO P.; SQUINA, FABIO MARCIO; COSTA-LEONARDO, ANA M.; CARRIJO, TIAGO; ARAB, ALBERTO. Microbial Communities of the Gut and Nest of the Humus- and Litter-Feeding Termite Procornitermes araujoi (Syntermitinae). Current Microbiology, v. 75, n. 12, p. 1609-1618, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
MENEZES, LETICIA; ALVAREZ, THABATA MARIA; PERSINOTI, GABRIELA FELIX; FRANCO, JOAO PAULO; SQUINA, FABIO; MOREIRA, EDIMAR AGNALDO; ALVAREDO PAIXAO, DOUGLAS ANTONIO; COSTA-LEONARDO, ANA MARIA; DA SILVA, VINICIUS XAVIER; PEDROSA SILVA CLERICI, MARIA TERESA; ARAB, ALBERTO. Food Storage by the Savanna Termite Cornitermes cumulans (Syntermitinae): a Strategy to Improve Hemicellulose Digestibility?. MICROBIAL ECOLOGY, v. 76, n. 2, p. 492-505, AUG 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.