Busca avançada
Ano de início
Entree

"Constituindo arquivos: a produção da memória para a história da antropologia através do colecionismo de Nimuendaju e Fagg"

Resumo

Curt Nimuendaju (1883-1945) e William Fagg (1914-1992) tiveram um grande impacto na constituição da antropologia no Brasil e no Reino Unido, respectivamente. Ambos tiveram, na formação de coleções etnográficas e no estudo da cultura material, a possibilidade de constituir suas carreiras na disciplina. As distintas maneiras como lidaram com os constrangimentos dos campos acadêmicos brasileiro e britânico, e buscaram refletir sobre os usos e significados dos objetos etnográficos fornecem, assim, uma oportunidade de investigar como enfrentaram os desafios teóricos e metodológicos então postos. Esta pesquisa almeja empreender uma análise comparativa das trajetórias de Nimuendaju e Fagg, com atenção às estruturas simbólicas do campo acadêmico, através da proposta de uma etnografia em arquivos que possa fornecer informações sobre o colecionismo praticado por ambos os antropólogos. Desta forma, será possível repensar sobre os mecanismos de produção e reprodução de narrativas sobre a história da antropologia, através do estudo dos processos de constituição de seus acervos e as formas como suas obras foram reivindicadas e disputadas como exemplos de prática antropológica, no interior de diferentes tradições disciplinares. Essas narrativas não devem ser dissociadas da compreensão de como estes processos se deram em contextos políticos e sociais mais amplos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)