Busca avançada
Ano de início
Entree

Participatory democracy and citizenship trajectories: citizens militants and bureaucrats

Processo: 14/50752-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política
Convênio/Acordo: G3 (Montréal, Bruxelles, Genève)
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Wagner de Melo Romão
Beneficiário:Wagner de Melo Romão
Pesq. responsável no exterior: Marco Giugni
Instituição no exterior: Université de Genève, Suíça
Pesq. responsável no exterior: Frederic Louault
Instituição no exterior: Université Libre de Bruxelles (ULB), Bélgica
Pesq. responsável no exterior: Françoise Montambeault
Instituição no exterior: Université de Montréal, Canadá
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/20679-0 - Gestão e status político da participação institucional: censo das experiências de orçamento participativo no Brasil (1989-2014) e pesquisa exploratória sobre democracia participativa em nível municipal (2013-2016), AP.R
Assunto(s):Democracia participativa 

Resumo

Esta proposta de pesquisa possui dois objetivos articulados_ Primeiro, contribuir com o debate atual na literatura sobre democracia participativa ao desenvolver uma proposição teórica para melhor compreender como tais inovações democráticas interagem com concepções e práticas individuais de cidadania democrática (engajamento, aprendizado individual, ação coletiva, reestruturação da comunidade política). Partimos de uma compreensão relacional da construção de uma cidadania democrática, e passamos a uma abordagem processual para avaliar o 'feito da participação coletiva em mecanismos institucionalizados como o Orçamento Participativo sobre os indivíduos. Por meio do estudo de trajetórias individuais, o projeto propõe reunir pesquisadores com referências teóricas distintas, porém complementares, para desenvolver uma abordagem teórica inovadora e abrangente para o estudo dos impactos da participação, seja no Brasil, seja em outras sociedades e sistemas políticos. Em segundo lugar, o projeto busca explorar empiricamente suas proposições teóricas, em perspectiva comparada Conduziremos um estudo piloto em três municípios do estado de São Paulo (Brasil), com o objetivo de testar nossas hipóteses de trabalho, metodologias de pesquisa, e desenvolver as bases para comparação em grande escala (com múltiplos casos de orçamento participativo na América Latina). Os municípios selecionados para este estudo empírico preliminar estão localizados na região metropolitana de São Paulo: Guarulhos, São Bernardo do Campo e Diadema. (AU)