Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparando taxas evolutivas entre cantos e chamados nos olhos-de-fogo sul americanos (Aves: Pyriglena): um teste de hipóteses em uma perspectiva filogenética

Processo: 15/18287-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de julho de 2016 - 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Marcos Maldonado Coelho
Beneficiário:Marcos Maldonado Coelho
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados:Cristina Yumi Miyaki ; Fábio Sarubbi Raposo do Amaral
Bolsa(s) vinculada(s):16/11439-1 - Comparando taxas evolutivas entre cantos e chamados nos Olhos-de-Fogo sul americanos (aves: Pyriglena): um teste de hipóteses em uma perspectiva filogenética, BP.JP
Assunto(s):Bioacústica  Fenótipo  Evolução  Evolução fenotípica  Vocalização animal  Aves 

Resumo

A investigação da variação conjunta de múltiplos caracteres ao longo da distribuição de um táxa é fundamental para a compreensão dos processos evolutivos envolvidos na divergência geográfica. Neste projeto, será estudado em detalhes a evolução das vocalizações ao longo da distribuição geográfica dos Olhos-de-Fogo Sul Americanos (Aves, Gênero Pyriglena) em uma perspectiva filogenética. Mais especificamente, propõem-se testar hipóteses que poderiam explicar os padrões de variação em diferentes tipos de vocalizações. Propõe-se comparar os padrões evolutivos dos cantos e chamados dos Olhos-de-Fogo. Em aves da família Thamnophilidae, na qual os Olhos-de-Fogo são incluídos, é sugerido que as vocalizações são inatas e que o canto possui a função primária e dupla de atração de parceiros e defesa do território, ao passo que os chamados teriam a função primária de, por exemplo, contato entre os membros do casal. Desta forma, pode ser inferido que os cantos e os chamados são sinais de longo e curto alcance, respectivamente. Os cantos estariam sob forte influência da seleção natural, seleção social e seleção sexual e os chamados estariam sob menor influência destes processos seletivos e seriam mais influenciados pela deriva genética. Assim, duas predições podem ser derivadas: 1) os chamados apresentariam um sinal filogenético maior do que os cantos e 2) os cantos apresentariam uma taxa de transição evolutiva maior do que os chamados. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACEDO, GABRIEL; SILVA, MARCO; DO AMARAL, FABIO RAPOSO; MALDONADO-COELHO, MARCOS. Symmetrical discrimination despite weak song differentiation in 2 suboscine bird sister species. BEHAVIORAL ECOLOGY, v. 30, n. 5, p. 1205-1215, SEP-OCT 2019. Citações Web of Science: 1.
DO AMARAL, FABIO RAPOSO; MALDONADO-COELHO, MARCOS; ALEIXO, ALEXANDRE; LUNA, LEILTON W.; DO REGO, PERICLES SENA; ARARIPE, JULIANA; SOUZA, THAINARA O.; SILVA, WEBER A. G.; THOM, GREGORY. Recent chapters of Neotropical history overlooked in phylogeography: Shallow divergence explains phenotype and genotype uncoupling in Antilophia manakins. Molecular Ecology, v. 27, n. 20, p. 4108-4120, OCT 2018. Citações Web of Science: 4.
ISLER, MORTON L.; MALDONADO-COELHO, MARCOS. Calls distinguish species of Antbirds (Aves: Passeriformes: Thamnophilidae) in the genus Pyriglena. Zootaxa, v. 4291, n. 2, p. 275-294, JUL 12 2017. Citações Web of Science: 1.
MALDONADO-COELHO, MARCOS; MARINI, MIGUEL ANGELO; DO AMARAL, FABIO RAPOSO; RIBON, ROMULO. The invasive species rules: competitive exclusion in forest avian mixed-species flocks in a fragmented landscape. REVISTA BRASILEIRA DE ORNITOLOGIA, v. 25, n. 1, p. 54-59, MAR 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.