Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do papel do fator sigma RpoE de Klebsiella pneumoniae nos processos de inflamação e fagocitose em células hospedeiras eucarióticas e na indução de infecção pulmonar em modelo animal

Resumo

Klebsiella pneumoniae é uma bactéria Gram-negativa considerada um patógeno oportunista. Esta bactéria tem se tornado um problema mundial de saúde pública nos últimos anos, sobretudo em razão do surgimento de isolados clínicos hipervirulentos e multirresistentes a drogas, capazes de produzir infecções invasivas não apenas em pacientes imunocomprometidos, mas também em indivíduos saudáveis. As bactérias controlam a expressão gênica de modo coordenado, seja na resposta às condições de estresse ou quando da interação com células hospedeiras, no momento da infecção. Um dos principais níveis de regulação da expressão gênica ocorre durante a transcrição, processo controlado por fatores Sigma e por proteínas regulatórias. O fator Sigma E, codificado pelo gene rpoE, promove a transcrição de genes que atuam na resposta a estresses ambientais e de genes envolvidos com a patogenicidade em inúmeras bactérias, sobretudo nos mecanismos de resistência à fagocitose e na modulação da resposta inflamatória dos macrófagos. No entanto, pouco se sabe sobre o papel do fator Sigma E na interação de K. pneumoniae com células hospedeiras, e qual a relevância deste fator Sigma em modelos animais de infecção. Neste sentido, este estudo pretende investigar o papel do fator Sigma E de K. pneumoniae nos processos de adesão, invasão, fagocitose e modulação da resposta inflamatória em células eucarióticas hospedeiras e na indução de infecção pulmonar em modelo animal, a partir de uma linhagem mutante para o gene rpoE. Os resultados advindos deste estudo poderão contribuir para um melhor entendimento sobre o papel do fator Sigma E na patogenicidade de Klebsiella pneumoniae. (AU)