Busca avançada
Ano de início
Entree

Laboratory for adaptative optics for the GMT project

Processo: 15/50373-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2016 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Instrumentação Astronômica
Convênio/Acordo: Organização Holandesa para a Pesquisa Científica (NWO)
Pesquisador responsável:Marcelo Augusto Leigui de Oliveira
Beneficiário:Marcelo Augusto Leigui de Oliveira
Pesq. responsável no exterior: M. Kenworthy
Instituição no exterior: Universiteit Leiden, Holanda
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/05533-8 - Laboratório de óptica adaptativa para o projeto GMT, BP.TT
Assunto(s):Astrofísica 

Resumo

Todos os Telescópios Extremamente Grandes (ELTs, na sigla em inglês) incluindo o E-EUu o GMT e o TMT, são limitados por distorções ópticas introduzidas pela atmosfera da Terra. Tais distorções serão parcialmente compensadas pelo uso de Óptica Adaptativa (AO, na sigla em inglês), sistemas optomecânicos que podem medir a frente de onda da luz incidente de objetcs celestes e rapidamente aplicar uma correção óptica apropriada usando um elemanto óptico ativo, tipicamente um espelho deformável. O desenvolvimento de AO é impulsionado pela necessidade de mais fótons do objeto cientifico sendo entregue em um número menor de \it pixels \rm dentro dos instrumentos detectores, minimizando os fótons do ruído de fundo do céu. Instrumentos de visão irritada escalonam aproximadamente linearmente com o tamanho do telescópio, mas instrumentos alimentados com AO permanecem do mesmo tamanho ou tornam-se menores com o imageamento no limite de difração. Neste projeto, propomos a instalação de um laboratório de AO para ELTs no Brasil que permitirá testes rápidos de novos dispositivos (hardware) e de algoritmos (software) e proverá uma simulação dos telescópios com a qual novos conceitos de instrumentos poderão ser testados. (AU)