Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de andrógenos sobre o processo de reparação tecidual e o mecanismo de reabsorção óssea

Processo: 15/20281-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2016 - 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Luis Carlos Spolidorio
Beneficiário:Luis Carlos Spolidorio
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Pesq. associados:Carlos Rossa Junior ; João Paulo Steffens
Assunto(s):Cicatrização  Androgênios  Reabsorção óssea  Inflamação 

Resumo

O objetivo do projeto será avaliar in vivo os efeitos supra e sub fisiológicos de testosterona, assim como da inibição farmacológica de receptor de andrógeno, de estrógeno e da enzima aromatase, sobre a reparação tecidual (cura de ferida e cicatrização), e sobre a reabsorção óssea induzida, utilizando-se modelo de reabsorção por injeção de Porphyromonas gingivalis em calvária. Serão utilizados 80 ratos (Rattus norvergicus albinos, Holtzman), machos, com aproximadamente 2-3 meses de idade, aleatoriamente divididos em 8 grupos experimentais: G1- Controle, G2- Testosterona, G3- Anastrozol, G4- Flutamida, G5- Fulvestranto, G6- Testosterona+Anastrozol, G7- Orquiectomia (OQX) e G8- (OQX+Testosterona). Os animais serão submetidos a diferentes terapias para regulação/bloqueio hormonal por um período de 15 dias, e em seguida submetidos a procedimentos para indução de ferida cirúrgica cutânea (durante 7 dias) e indução de reabsorção óssea (durante 6 dias). Serão realizadas análises macro e microscópicas das feridas cutâneas, avaliação da expressão de fatores de crescimento e do perfil de citocinas inflamatórias locais, e atividade de proliferação celular, das amostras de tecido cutâneo; e da mesma forma, amostras da calota craniana serão submetidas à avaliação microscópica, e análise do percentual de volume do defeito ósseo e densidade da superfície óssea, através da análise de microtomografia computadorizada; e ainda será avaliada a expressão da expressão de citocinas inflamatórias no tecido cutâneo adjacente à calota craniana. Os dados obtidos serão analisados através de análise estatística utilizando-se o software GraphPad Prism 6, e todos os testes desse estudo serão aplicados com nível de confiança de 95 % (p<0.05). (AU)