Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do Nrf2 e HO-1 em pré-eclâmpsia: estudo de polimorfismos genéticos, fatores circulantes e ensaios in vitro

Processo: 15/20461-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2016 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Valeria Cristina Sandrim
Beneficiário:Valeria Cristina Sandrim
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Polimorfismo genético  Antioxidantes 

Resumo

A pré-eclâmpsia é a principal causa de mortalidade e morbidade entre as gestantes no Brasil e em vários países. A fisiopatologia desta doença é complexa e envolve vários processos. Um destes, amplamente validado na literatura, relaciona-se a um status oxidativo, onde há prevalência de produção de radicais livres e/ou redução da atividade antioxidante. Apesar destas evidências, a suplementação clínica com antioxidantes (vitamina C e E) não se demonstrou promissora em pré-eclâmpsia. Recentemente, vem sendo explorado como terapia em várias doenças, a ativação de um fator de transcrição, o NRF2 (nuclear factor, erythroid 2-like 2), que atua induzindo a transcrição de diversos genes que provem a proteção celular através da codificação de proteínas com atividade desintoxicante e antioxidante. Entre elas a hemeoxigenase (HO-1) é a mais estudada, pois apresenta efeitos antiapoptóticos, antioxidantes e citoprotetor. Até o momento, apenas dois estudos focando NRF2 foram realizados em pré-eclâmpsia, utilizando como material biológico placenta e citotrofoblasto. O presente projeto tem como objetivo comparar, entre gestantes saudáveis e pré-eclâmpsia (responsiva ou não a terapia anti-hipertensiva), as freqüências de polimorfismos nos genes que codificam o NRF2 e a HO-1, os níveis plasmáticos da HO-1 e da atividade antioxidante do plasma. Além disso, realizaremos estudos in vitro (modelo in vitro de pré-eclâmpsia) incubando o plasma dessas gestantes com células endoteliais e verificando: a expressão gênica e protéica do NRF2 e da HO-1, translocação do NRF2 ao núcleo (por luciferase e ELISA), validação dos achados com o uso de siRNA contra NRF2 e quantificação da expressão de microRNAs que regulam o NRF2. Também verificaremos a viabilidade celular e apoptose nestas células incubadas com o plasma dos diferentes grupos experimentais. Por fim, com o objetivo de ampliar a terapia na pré-eclâmpsia, será avaliado se a incubação com ativador de NRF2, o resveratrol (presente em grandes quantidades em uvas), poderia modular os resultados encontrados. Acreditamos que os dados obtidos neste projeto trarão informações relevantes para o estudo e terapia da pré-eclâmpsia no contexto mundial. (AU)

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (2 total):
Pesquisa da Unesp de Botucatu aponta que dieta vegetariana oferece melhor mecanismo de defesa 
Dieta vegetariana oferece melhor mecanismo de defesa 

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CINEGAGLIA, NAIARA; ACOSTA-NAVARRO, JULIO; RAINHO, CLAUDIA; ANTONIAZZI, LUIZA; MATTIOLI, SARAH; PIMENTEL, CAROLINE; SANTOS, RAUL D.; SANDRIM, VALERIA. Association of Omnivorous and Vegetarian Diets With Antioxidant Defense Mechanisms in Men. JOURNAL OF THE AMERICAN HEART ASSOCIATION, v. 9, n. 12 JUN 16 2020. Citações Web of Science: 0.
VIANA-MATTIOLI, SARAH; NUNES, PRISCILA; CAVALLI, RICARDO; SANDRIM, VALERIA. Analysis of SIRT1 Expression in Plasma and in an In Vitro Model of Preeclampsia. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, v. 2020, APR 28 2020. Citações Web of Science: 0.
CALDEIRA-DIAS, MAYARA; MONTENEGRO, MARCELO F.; BETTIOL, HELOISA; BARBIERI, MARCO ANTONIO; CARDOSO, VIVIANE C.; CAVALLI, RICARDO C.; SANDRIM, VALERIA C. Resveratrol improves endothelial cell markers impaired by plasma incubation from women who subsequently develop preeclampsia. HYPERTENSION RESEARCH, v. 42, n. 8, p. 1166-1174, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
SANDRIM, VALERIA; COELI-LACCHINI, FERNANDA BORCHERS; TANUS-SANTOS, JOSE EDUARDO; LACCHINI, RICCARDO; CAVALLI, RICARDO CARVALHO. Circulating HO-1 levels are not associated with plasma sFLT-1 and GT(n) HMOX1 polymorphism in preeclampsia. HYPERTENSION IN PREGNANCY, v. 38, n. 2, p. 73-77, APR 3 2019. Citações Web of Science: 0.
SANDRIM, VALERIA C.; LUIZON, MARCELO R.; MACHADO, JACKELINE S. R.; CAVALLI, RICARDO C. C > T (rs17035945) polymorphism of TIMP-4 protects against preeclampsia. JOURNAL OF OBSTETRICS AND GYNAECOLOGY, v. 39, n. 1, p. 135-137, JAN 2 2019. Citações Web of Science: 0.
SANDRIM, VALERIA CRISTINA; MACHADO, JACKELINE; BETTIOL, HELOISA; BARBIER, MARCO ANTONIO; CARDOS, VIVIANE CUNHA; PALEI, ANA CAROLINA; CAVALLI, RICARDO CARVALHO. Circulating Tissue Inhibitor of Metalloproteinase-4 levels are not a Predictor of Preeclampsia in the period between 20 and 25 Weeks of Gestation. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 40, n. 12, p. 757-762, DEC 2018. Citações Web of Science: 0.
LUIZON, MARCELO R.; PEREIRA, DANIELA A.; SANDRIM, VALERIA C. Pharmacogenomics of Hypertension and Preeclampsia: Focus on Gene-Gene Interactions. FRONTIERS IN PHARMACOLOGY, v. 9, FEB 28 2018. Citações Web of Science: 3.
SANDRIM, VALERIA C.; CALDEIRA-DIAS, MAYARA; BETTIOL, HELOISA; BARBIERI, MARCO ANTONIO; CARDOSO, VIVIANE CUNHA; CAVALLI, RICARDO CARVALHO. Circulating Heme Oxygenase-1: Not a Predictor of Preeclampsia but Highly Expressed in Pregnant Women Who Subsequently Develop Severe Preeclampsia. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, 2018. Citações Web of Science: 0.
SANDRIM, VALERIA C.; DINIZ, SOLANGE; ELEUTERIO, NIBIA MARIANA; GOMES, KARINA B.; DUSSE, LUCI MARIA S.; CAVALLI, RICARDO C. Higher levels of circulating TIMP-4 in preeclampsia is strongly associated with clinical parameters and microRNA. CLINICAL AND EXPERIMENTAL HYPERTENSION, v. 40, n. 7, p. 609-612, 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.