Busca avançada
Ano de início
Entree

Simpósio Fapesp/EU-Life

Processo: 16/07238-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 07 de junho de 2016 - 10 de junho de 2016
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Anamaria Aranha Camargo
Beneficiário:Anamaria Aranha Camargo
Instituição-sede: Hospital Sírio-Libanês. Sociedade Beneficente de Senhoras (SBSHSL). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cooperação internacional  FAPESP 

Resumo

Esta proposta se insere neste contexto de cooperação e internacionalização e tem como objetivo promover a divulgação de projetos de pesquisa financiados pela FAPESP e a realização de projetos colaborativos entre pesquisadores do Estado de São Paulo e pesquisadores de Institutos de Pesquisa Europeus afiliados à EU-Life.A EU-Life é uma aliança formada por 13 Institutos e Centros de Pesquisa Europeus que atuam na área de Ciências da Vida. A EU-Life foi fundada em 2013 e representa mais de 2700 pesquisadores e 544 grupos de pesquisa de 13 países europeus. A missão da EU-Life é fomentar excelência em pesquisa na área de Ciências da Vida através de ações que visam: apoiar projetos colaborativos, formar e treinar pesquisadores, atrair e reter talentos de diferentes partes do mundo, promover boas práticas científicas e contribuir para a elaboração de políticas públicas.Considerando a grande convergência nos objetivos e princípios de ambas as Instituições, a FAPESP e a EU-Life manifestaram interesse em assinar um Acordo de Cooperação Internacional e organizar uma Reunião Científica para promover a interação entre pesquisadores paulistas e europeus e a realização de projetos em colaboração. O Simpósio aberto ao público será realizado no Auditório da FAPESP entre os dias 7-9 de Junho de 2016. Participarão do Simpósio 15 pesquisadores estrangeiros e 10 pesquisadores do Estado de São Paulo, além de representantes da FAPESP e da EU-Life. No dia 10 de Junho serão realizadas duas atividades paralelas. Os pesquisadores estrangeiros irão visitar o Instituto Butantan e o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo. Também será oferecido um curso prático na área de Genômica do Câncer voltado para a identificação de alterações genéticas de origem somática em genomas tumorais. (AU)