Busca avançada
Ano de início
Entree

"Colcha de Retalhos". A música em cena em São Paulo. (final do séc. XIX - início do XX)

Resumo

Entre o final do século XIX e início do XX, a cena musical paulistana teve como um de seus protagonistas gêneros teatrais voltados a um público mais amplo e que tinham a música como elemento central. A crítica musical e teatral expressava o anseio de regenerar o gosto do público geral através do drama lírico e da música de concerto, entrando em conflito com esse teatro ligeiro, cujo principal objetivo era divertir, acima de qualquer pretensão artístico-literária. Apesar de cada um desses gêneros musicados ter convenções e dinâmica de funcionamento próprias, a designação "teatro de revista" tornou-se referência - até hoje recorrente - e serviu para nomear um conjunto bem maior de modalidades que inclui Operetas, Burletas, Mágicas, Vaudevilles, Zarzuelas, Fantasias e comédias musicadas. Ambiente importante na produção e divulgação da música no espaço urbano antes do aparecimento e consolidação dos meios de comunicação eletrônicos, o estudo do circuito de produção e difusão do teatro musicado contribui para a compreensão do panorama da música e da cultura popular na cidade de São Paulo. (AU)