Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de resíduos de agrotóxicos em mel, tecidos de abelhas e em flores e frutos de morango (Fragaria x ananassa Duch.). uso de biomarcadores bioquímicos para estudo de efeitos de agrotóxicos em abelhas

Processo: 15/26008-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Eny Maria Vieira
Beneficiário:Eny Maria Vieira
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Abelhas  Agrotóxicos  Morango  Mel 

Resumo

Estudos sobre efeitos adversos de agrotóxicos em abelhas nativas sem ferrão são escassos no Brasil. Por serem insetos polinizadores, é imprescindível desenvolver estudos para avaliação da sensibilidade das abelhas a agrotóxicos que são utilizados na agricultura, além de verificar e monitorar a presença desses contaminantes no mel em flores e em frutos visitados pelas abelhas. Sendo assim, neste estudo será desenvolvido, validado e aplicado um método para a determinação de resíduos do inseticida (abamectina) e do fungicida (difenoconazol) em tecidos de abelhas (Scaptotrigona depilis), em mel e em flores e frutos de morangueiros (Fragaria x ananassa DUCH.) da Região de Bom Repouso, MG. Em paralelo, biomarcadores bioquímicos serão utilizados para verificar os efeitos dessas substâncias em abelhas (Scaptotrigona depilis). No preparo das amostras será empregado o QuEChERS para isolar os analitos das matrizes a serem estudadas. Na identificação e na quantificação dos analitos será utilizado um cromatográfo à líquido acoplado a um detector de massas (LC - MS/MS). A confiabilidade dos resultados será assegurada por meio da validação do método analítico. Será usado biomarcadores bioquímicos para o estudo dos efeitos da abamectina e do difenoconasol em abelhas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.