Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema para treinamento de movimentos de pinça para crianças com limitação motora fina

Processo: 15/17379-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Terigi Augusto Scardovelli
Beneficiário:Terigi Augusto Scardovelli
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Campus da Sede Mogi das Cruzes. Mogi das Cruzes , SP, Brasil
Pesq. associados: Silvia Regina Matos da Silva Boschi
Assunto(s):Crianças  Tecnologia assistiva  Treinamento 

Resumo

Para as crianças com deficiências motoras, a participação nas atividades do dia a dia, garante que o cérebro e o corpo permaneçam estimulados e ativos. Entretanto os exercícios que compõem a reabilitação da coordenação motora fina são repetitivos e maçantes. Faltam dispositivos que motivem essas crianças durante as sessões de terapia. Portanto nesse projeto será adaptado um periférico desenvolvido no doutorado, assim como um Leap Motion, para acionar um jogo 3D, visando motivar as crianças com comprometimento motor fino, a realizarem os exercícios do movimento de pinça. O periférico adaptado e o Leap Motion serão utilizados como dispositivos de acesso a um jogo 3D, pois detectam os movimentos das mãos do usuário sem a necessidade da utilização de outros sensores ou marcadores. Será testado também o Oculus Rift, que aumenta a imersão do usuário no ambiente virtual. O jogo 3D será composto por 12 fases e será desenvolvido com as ferramentas Blender 3D e Unity PRO. O software Blender 3D será utilizado para modelagem dos personagens e cenários. O software Unity PRO será utilizado para realizar toda a interação do usuário com o jogo. Serão testadas a acessibilidade e a usuabilidade do sistema. Para avaliar a acessibilidade e a usabilidade serão escolhidos 60 voluntários sem comprometimento motor (grupo A) e 10 voluntários com limitações motoras leves de membros superiores (grupo B). Esse projeto proporcionará a fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais um instrumento para auxiliar crianças com deficiência motora fina no treinamento do movimento de pinça através de recursos lúdicos, além de alternativas para treinamento do movimento de pinça para diversos tipos de limitações motoras. (AU)