Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias para a incorporação de inovações na assistência ao parto e ao recém-nascido: intervenção piloto no SUS da Iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da Criança (IHAMC)

Processo: 15/50498-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2016 - 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Convênio/Acordo: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal
Pesquisador responsável:Carmen Simone Grilo Diniz
Beneficiário:Carmen Simone Grilo Diniz
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/21879-1 - Análise epidemiológica de serviço: a partir de indicadores hospitalares e de saúde, verificar a influência da Iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da criança (IHAMC) no hospital Amparo Maternal, BP.TT
17/19326-4 - Diagnóstico de serviço de saúde para a implementação da Iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da criança: boas práticas assistenciais no parto em maternidade-escola de Ribeirão Preto, BP.TT
17/00273-8 - Diagnóstico de serviço de saúde para a implementação da iniciativa hospital amigo da mulher e da criança: como se articulam o pré-natal e a experiência do parto? Uma avaliação a partir da percepção das mulheres, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 17/00317-5 - Diagnóstico de serviço de saúde para a implementação da iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da Criança: o que dizem os profissionais e o que mostram os prontuários, BP.TT
17/00863-0 - Diagnóstico de serviço de saúde para a implementação da iniciativa hospital amigo da mulher e da criança: métodos não farmacológicos para alívio da dor, BP.TT
17/00751-7 - Diagnóstico de serviço de saúde para a implementação da Iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da Criança: boas práticas assistenciais no parto em maternidade-escola de Ribeirão Preto, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Pesquisa sobre serviços de saúde  Maternidades  Parto humanizado  Assistência perinatal  Saúde materno-infantil 

Resumo

Nos últimos anos, muitas inovações têm sido propostas na saúde perinatal para torná-la mais segura, baseada em evidências e menos agressiva. Mesmo com a existência de políticas públicas e da pressão de movimentos de usuárias, a incorporação dessas inovações tem sido lenta, com impactos negativos nas mães e na primeiríssima infância (abuso de cesáreas, nascimentos pré-termo, amamentação). Para lidar com estes problemas, em 2015, entidades internacionais lançaram a Iniciativa Hospital Amigo da Mãe e da Criança (IHAMC). Com o objetivo de desenvolver e avaliar projeto piloto de implementação da IHAMC, em duas maternidades-escola do SUS em São Paulo e em Ribeirão Preto. A metodologia deste projeto consiste no desenho quase-experimental do tipo antes e depois, com métodos mistos. Inicialmente, será desenvolvida uma etapa qualitativa (observação de serviços, entrevistas e grupos focais), para estudar como profissionais e gestores percebem abusos na assistência, e sua relação com as precariedades das condições de trabalho e da formação. Serão colhidos dados de prontuários e entrevistas com puérperas para uma linha de base sobre indicadores da IHAMC; em seguida, intervenção de implementação incluindo: (1) atualização para gestores e profissionais sobre evidências e direitos; (2) treinamento em serviço, com simulação de situações do cotidiano, referente ás rotinas técnicas e relacionais. Será estimulada a criação e dinamização dos Fóruns Perinatais de apoio à gestão. A avaliação da mudança dos indicadores será feita comparando suas frequências antes, e nos 12 meses depois da intervenção, mensalmente, para avaliar sua sustentabilidade e desenvolver material educativo para a acreditação na IHAMC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRILO DINIZ, CARMEN SIMONE; DE CASTRO BUSSADORI, JAMILE CLARO; LEMES, LUANA BEATRIZ; DANTAS MOISES, ELAINE CHRISTINE; DE CAMPOS PRADO, CAIO ANTONIO; MCCOURT, CHRISTINE. A change laboratory for maternity care in Brazil: Pilot implementation of Mother Baby Friendly Birthing Initiative. MEDICAL TEACHER, v. 43, n. 1, SI JUL 2020. Citações Web of Science: 4.
GRILO DINIZ, CARMEN SIMONE; RATTNER, DAPHNE; PIRES LUCAS D'OLIVEIRA, ANA FLAVIA; DE AGUIAR, JANAINA MARQUES; NIY, DENISE YOSHIE. Disrespect and abuse in childbirth in Brazil: social activism, public policies and providers' training. REPRODUCTIVE HEALTH MATTERS, v. 26, n. 53, SI, p. 19-35, 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.