Busca avançada
Ano de início
Entree

Cytotoxicity and photo-cytotoxicity of nitrosyl ruthenium anticancer drug in aqueous solution or incorporated in a drug delivery system.an innovative purpose for metal based drug

Processo: 15/50101-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Roberto Santana da Silva
Beneficiário:Roberto Santana da Silva
Pesq. responsável no exterior: Alexandra R. Fernandes
Instituição no exterior: Universidade Nova de Lisboa, Portugal
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08851-0 - Complexos rutênio-ftalocianinas como protótipos para metalo-drogas fotoquimicamente ativo: estudos fotobiológicos, efeito teranóstico e avaliação do metabolismo, AP.R
Assunto(s):Fotoquímica  Espécies de oxigênio reativas  Nitrogênio  Compostos de rutênio  Transferência de energia  Proteoglicanas  Cooperação internacional 

Resumo

O objetivo deste projeto consiste no estudo da transferência de energia entre Pontos Quânticos e complexo trans-[RuN0(pc-R)(NO2)] (pc-R é ftalocianina modificada) como agentes produtores de espécies reativas de oxigênio (EROs) e nitrogênio (ERONs) por irradiação luminosa na região de 500 nm a 700 nm. Medidas de NO, oxigênio singleto e seus derivados serão determinados em função de diferentes concentrações de oxigênio e a potencialidade citotóxica em linhagens de células cancerígenas avaliada. Estudos fotoquímicos serão realizados tanto em meio desaerado como em função da concentração de oxigênio. Processos bioquímicos relacionados a interação complexo de rutênio-célula serão avaliados quanto a interação rutênio com proteoglicanas da superfície celular por marcação com fluoróforos; fosforilação de Akt e proteína quinase ativada por mitógeno (MAPK); Avaliação da via AMPK (proteína quinase ativada por AMP), JNK (quinase terminal c-jun-N) e ATF3 (fator 3 de ativação de transcrição), em resposta ao tratamento com os complexos do rutênio. (AU)