Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagens atuais no diagnóstico da Bartonelose

Processo: 16/06995-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 09 de outubro de 2016 - 15 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcos Rogério André
Beneficiário:Marcos Rogério André
Pesquisador visitante: Shimon Harrus
Inst. do pesquisador visitante: Hebrew University of Jerusalem, Israel
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular  Bartonella  Bartonelose animal  Animais selvagens  Intercâmbio de pesquisadores 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Bartonella | Caracterização Molecular | Diagnóstico Molecular | isolamento | reservatórios selvagens | Diagnóstico molecular de agentes transmitidos por artrópodes

Resumo

A avaliação do papel dos mamíferos selvagens nos ciclos de transmissão de bactérias das famílias Anaplasmataceae e Bartonellaceae tem contribuído para a determinação de pontos relevantes à epidemiologia das doenças causadas por esses agentes em diversas regiões do planeta. Neste aspecto, novos genótipos de Ehrlichia spp. e Anaplasma spp. vêm sendo detectados em animais selvagens no Brasil. Adicionalmente, bactérias do gênero Bartonella spp. são incriminadas como patógenos reemergentes no Brasil e em outras partes do mundo. Os agentes zoonóticos das famílias Anaplasmataceae e Bartonellaceae fornecem a oportunidade ímpar para reenfatizar o conceito "One Health" (isto é, a necessidade de integrar a saúde animal, humana e os fatores ambientais) enquanto diretrizes de prioridades para pesquisas sejam direcionadas para o diagnóstico, tratamento e prevenção das infecções para os referidos agentes. Um melhor entendimento das interações entre seres humanos, vetores, animais e o ambiente fornecerá melhorias no conhecimento médico e epidemiológico da miríade de manifestações clínicas coletivamente designadas como bartoneloses, erliquioses e anaplasmoses. O presente estudo tem como objetivo pesquisar a ocorrência e traçar inferências filogenéticas acerca dos agentes Anaplasmataceae e Bartonellaceae em animais selvagens e ectoparasitas no Brasil, utilizando métodos moleculares. O projeto global compreende quatro subprojetos envolvendo: 1) animais selvagens (carnívoros, roedores e marsupiais) e domésticos (cães) e seus respectivos ectoparasitas no Pantanal sul-matogrossense; 2) roedores selvagens e sinantrópicos de diversos biomas brasileiros; 3) quirópteros amostrados em localidades nos estados do Pará e Paraná; 4) ectoparasitas (moscas Streblidae e ácaros Macronyssidae e Spinturnicidae) coletados de morcegos no Rio da Janeiro. Desta forma, contribuiremos para o diagnóstico e caracterização molecular de agentes Anaplasmataceae e Bartonellaceae em nosso território. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)