Busca avançada
Ano de início
Entree

Santuários heterodoxos: subjetividade e heresia na literatura judaica da Europa Central

Processo: 16/03776-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de julho de 2016 - 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Luis Sérgio Krausz
Beneficiário:Luis Sérgio Krausz
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Alienação  Literatura hebraica  Heresia  Subjetividade  Romance de formação 

Resumo

Este livro propõe-se a investigar as origens e os desdobramentos da subjetividade na cultura judaica tradicional da Europa Central, assim como as representações literárias desta subjetividade, a partir das fissuras nas formas de religiosidade e na coesão comunitária dos judeus desencadeadas pelo advento da heresia sabataísta. Parte-se da hipótese de que as raízes da emancipação judaica, ocorrida na passagem do século XVIII para o século XIX, assim como o surgimento de uma cultura espiritual laica entre os judeus, são desdobramentos tardios da crise religiosa desencadeada pelo advento do sabataísmo. A partir do surgimento desta heresia, a noção de subjetividade vai se tornando cada vez mais importante, com a gradativa expansão de formas de pensamento individualistas, típicas da modernidade europeia. O trabalho investiga obras literárias dos séculos XVII a XX, nas quais as representações da subjetividade aparecem diretamente vinculadas ao afastamento em relação a tradições religiosas e comunitárias. (AU)