Busca avançada
Ano de início
Entree

Reaproveitamento de resíduos e descontaminação de águas residuais: avaliação do potencial de aplicação de biochar para remoção de contaminantes emergentes e metais potencialmente tóxicos

Processo: 16/08215-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2016 - 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:André Henrique Rosa
Beneficiário:André Henrique Rosa
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Matéria orgânica  Contaminantes emergentes  Metais  Química ambiental 

Resumo

Um dos problemas mais graves que afetam o ambiente é a contaminação causada por compostos químicos, orgânicos e inorgânicos. Nas últimas décadas, vários adsorventes foram desenvolvidos para remover esses contaminantes de águas residuais, como argila, quitosana, lignina, algas, dentre outras. No entanto, muitas vezes estes adsorventes não são economicamente viáveis e sua eficácia de remoção é limitada a um único metal ou contaminante orgânico, tornando-se inviável na prática. Logo, é desejável desenvolver um adsorvente de baixo custo, que possa remover vários tipos de contaminantes, simultaneamente, de forma eficaz. Neste contexto, este projeto se baseia na avaliação do desempenho do biochar e biochar magnético como material adsorvente para remoção de metais potencialmente tóxicos (Al, Cd, Pb, Cu, Cr, Ni e Zn) e contaminantes emergentes (bisfenol A e triclosan) em águas residuais. Para atingir este objetivo, biochars serão preparados a partir da pirólise de bagaço de cana-de-açúcar e da biomassa da palha da espiga de milho em diferentes temperaturas (300, 400, 500 e 600 °C). A caracterização dos biochars obtidos será feita utilizando-se diferentes técnicas analíticas tais como, MEV, EDS, DRX e RMN. O processo de adsorção será avaliado em função do pH, tempo de contato, concentração do adsorvente/adsorvato, capacidade de dessorção e fatores termodinâmicos. A concentração dos contaminantes inorgânicos e orgânicos serão feitas respectivamente por ICP-OES e CG-MS. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TASKIN, EREN; BUENO, CAROLINA DE CASTRO; ALLEGRETTA, IGNAZIO; TERZANO, ROBERTO; ROSA, ANDRE HENRIQUE; LOFFREDO, ELISABETTA. Multianalytical characterization of biochar and hydrochar produced from waste biomasses for environmental and agricultural applications. Chemosphere, v. 233, p. 422-430, OCT 2019. Citações Web of Science: 6.
MONTERO, JOSE IGNACIO Z.; MONTEIRO, ADNIVIA S. C.; GONTIJO, ERIK S. J.; BUENO, CAROLINA C.; DE MORAES, MINEIA A.; ROSA, ANDRE H. High efficiency removal of As(III) from waters using a new and friendly adsorbent based on sugarcane bagasse and corncob husk Fe-coated biochars. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 162, p. 616-624, OCT 30 2018. Citações Web of Science: 2.
BUENO, CAROLINA C.; MAIA, AMANDA A. D.; DE MORAIS, LEANDRO C.; ROSA, ANDRE H. Investigation on Prospective Energy Power from Corncob Husk Biomass and its Biochars by Kinetic Parameters and Isoconversional Models. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 28, n. 11, p. 2202-2210, NOV 2017. Citações Web of Science: 0.
WATANABE, CLAUDIA HITOMI; COSTA MONTEIRO, ADNIVIA SANTOS; JEUNON GONTIJO, ERIK SARTORI; LIRA, VIVIAN SILVA; BUENO, CAROLINA DE CASTRO; KUMAR, NIRMAL TEJ; FRACACIO, RENATA; ROSA, ANDRE HENRIQUE. Toxicity assessment of arsenic and cobalt in the presence of aquatic humic substances of different molecular sizes. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 139, p. 1-8, MAY 2017. Citações Web of Science: 8.
JOSÉ PAULO PINHEIRO; ADNÍVIA SANTOS COSTA MONTEIRO; NOEMIE JANOT; BERT JAN GROENENBERG; ANDRÉ HENRIQUE ROSA. ESPECIAÇÃO TERMODINÂMICA DE METAIS TRAÇO COM SUBSTÂNCIAS HÚMICAS: O MODELO NICA-DONNAN. Química Nova, v. 40, n. 10, p. -, Out. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.