Busca avançada
Ano de início
Entree

Algas marinhas (Schizochytrium sp.) na alimentação de cordeiros confinados: desempenho, digestibilidade, parâmetros ruminais e qualidade da carcaça e da carne

Resumo

O trabalho será realizado no Laboratório de Produção Ovina, pertencente ao Departamento de Zootecnia da FCAV, Unesp, Câmpus de Jaboticabal, SP. Trinta e dois cordeiros Ile de France, machos não castrados, com 20,0 ± 0,2 kg receberão as seguintes dietas D0: silagem de milho + concentrado sem farinha de algas; D2: silagem de milho + concentrado + 2% de farinha de algas; D4: silagem de milho + concentrado + 4% de farinha de algas e D6: silagem de milho + concentrado + 6% de farinha de algas, com relação volumoso:concentrado 40:60 até atingirem 35,0 ± 0,2 kg de peso corporal. Os objetivos serão avaliar o desempenho (ingestão de matéria seca, ganho de peso corporal e conversão alimentar), a digestibilidade dos nutrientes (MS, MO, PB, EE, FDN, FDA, CHOT, CNF e EB), o balanço de nitrogênio, os parâmetros quantitativos da carcaça (rendimentos de carcaça quente e fria, rendimento biológico e perda de peso por resfriamento), os qualitativos da carne (pH, cor, capacidade de retenção de água, perdas de pesos por descongelamento e cocção, força de cisalhamento, número de substâncias reativas ao ácido 2-tiobarbitúrico e análise sensorial), a composição centesimal (umidade, proteína, gordura e minerais), o perfil de ácidos graxos (gordura intramuscular), o teor de colesterol, a atividade das enzimas dessaturase e elongase e os índices de aterogenicidade e trombogenicidade da carne proveniente do músculo Longissimus e o perfil de ácidos graxos das gorduras perirrenal, mesentérica e subcutânea (dúvida: a gordura subcutânea será retirada de qual local??? acho que seria conveniente especificar). O delineamento experimental será o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições, sendo as comparações dos tratamentos por contrastes ortogonais, realizadas com auxílio do programa estatístico SAS versão 9.4. Em paralelo, oito carneiros Santa Inês, castrados, com média de peso corporal de 50,0 kg receberão as mesmas quatro dietas com o objetivo de avaliar os parâmetros ruminais (pH, nitrogênio amoniacal (N-NH3)), as síntese de ácidos graxos de cadeias curta (AGCC) e longa (AGCL) no rúmen, a digestibilidade e a produção de gases in vitro. O delineamento experimental utilizado será um duplo quadrado latino 4 x 4, com quatro tratamentos e quatro repetições, com período de adaptação às dietas de 14 dias e 5 dias de colheita, sendo as comparações dos tratamentos por contrastes ortogonais, realizadas com auxílio do programa estatístico SAS versão 9.4. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)