Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradução, validação e adaptação transcultural de dois questionários específicos para a avaliação de desfechos reportados por portadores de cardioversor-desfibrilador implantável

Processo: 16/02104-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2016 - 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Katia Regina da Silva
Beneficiário:Katia Regina da Silva
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Giovanna Regina Garcia de Oliveira Melo ; Isabela da Costa Maurino Amaya ; Lucas Bassolli de Oliveira Alves ; Roberto Costa
Assunto(s):Cardiologia  Qualidade de vida  Ansiedade 

Resumo

Introdução: Atualmente, existem evidências suficientes que comprovam a efetividade do cardioversor-desfibrilador implantável (CDI) na prevenção da morte súbita cardíaca. O impacto do CDI na qualidade de vida dos pacientes também tem sido explorado em vários estudos, entretanto, até o presente momento, esse assunto ainda não foi completamente esclarecido, principalmente devido à grande heterogeneidade dos resultados das publicações disponíveis e à falta de questinários específicos para portadores de CDI. Objetivos: A finalidade do presente estudo é realizar a tradução, validação e adaptação transcultural dos questionários "Florida Shock Anxiety Scale (FSAS)" e "Florida Patient Acceptance Scale (FPAS)" para a língua portuguesa a fim de que possam ser utilizados para a avaliação dos pacientes brasileiros. Métodos: O estudo apresenta duas partes: Parte 1 - Tradução e validação de dois questionários específicos para portadores de CDI de acordo com as diretrizes internacionais; Parte 2 - Avaliação de desfechos reportados por portadores de CDI em dois momentos: na inclusão e seis meses após a primeira avaliação. Serão considerados elegíveis para o estudo, indivíduos adultos com as seguintes características: (1) Portadores de CDI há mais de seis meses; (2) Possibilidade de comparecimento ao InCor-HCFMUSP para realização das avaliações do estudo; (3) Capacidade de compreender e responder as perguntas dos questionários utilizados; (4) Aceitar em participar do estudo, assinando o termo de consentimento livre e esclarecido. A amostra consistirá de 150 pacientes que serão selecionados de forma consecutiva durante o atendimento ambulatorial ou mediante visitas realizadas à Unidade de Internação da nossa Instituição. Para avaliação dos desfechos reportados pelos pacientes serão utilizados os questionários SF-36, Inventário de Ansiedade de Beck, Inventário de Depressão de Beck II, FSAS, FPAS e Escala Visual Analógica para avaliação da dor causada pelos choques do CDI. A avaliação das propriedades psicométricas dos questionários FSAS e FPAS envolverá a análise de confiabilidade (técnica do teste reteste, confiabilidade inter-avaliadores e consistência interna), a análise da validade dos questionários, tanto de conteúdo quanto de construto e a análise da responsividade. Todos os formulários de coleta de dados serão desenvolvidos no sistema REDCap (Research Electronic Data Capture) que se encontra hospedado no servidor da nossa Instituição. Na análise estatística serão empregados o coeficiente de correlação intraclasse e o método de Bland-Altman para avaliação da reprodutibilidade intra-observador (teste-reteste) e inter-observador, o coeficiente alfa de Cronbach para avaliação da consistência interna dos questionários FSAS e FPAS e os coeficientes de Spearman e Pearson para avaliação da correlação entre os escores do FSAS e FPAS com os escores dos demais questionários utilizados no estudo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.