Busca avançada
Ano de início
Entree

O que sabemos sobre a (in)satisfação com a democracia no Brasil? Orientações avaliativas do regime democrático segundo os brasileiros no Período Democrático Recente (2002-2014)

Processo: 16/05619-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2016 - 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Fabíola Brigante Del Porto
Beneficiário:Fabíola Brigante Del Porto
Instituição-sede: Centro de Estudos de Opinião Pública (CESOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Política e governo  Avaliação de desempenho  Democracia  Brasil 

Resumo

O objetivo geral deste projeto é realizar um estudo aprofundado sobre o conceito de satisfação com a democracia no Brasil a partir da análise longitudinal de medidas de nível individual provenientes de surveys nacionais para o período democrático recente (2002-2014). Entendendo a satisfação com a democracia como fenômeno multifacetado, o projeto analisa as dimensões de avaliações dos governantes do momento, das instituições representativas, dos serviços e políticas públicas e das normas e procedimentos do regime e verifica quais dimensões são mais importantes para estruturar a (in)satisfação geral dos cidadãos com a democracia no cenário brasileiro recente. Os objetivos específicos são: 1. Revisar a bibliografia internacional e nacional sobre legitimidade e eficácia democráticas, descontentamento, insatisfação e apoio político para conceituar a satisfação com a democracia; 2. Analisar empiricamente os correlatos da medida de satisfação com o funcionamento da democracia em diferentes instrumentos de pesquisa e longitudinalmente de modo a verificar possíveis variações e/ou ambiguidades da medida; 3. Abordar a avaliação do regime democrático como construto multidimensional de modo a avançar no entendimento das percepções que os cidadãos têm sobre o desempenho do regime democrático, compreendendo com que dimensões do regime os cidadãos o avaliam e 4. Verificar se os conteúdos da satisfação com a democracia são diferentes para grupos de indivíduos com clivagens sociais distintas. Além do entendimento da satisfação com a democracia em termos multidimensionais, o projeto visa contribuir com os estudos de apoio político no Brasil ao incluir na análise as percepções sobre aspectos normativos da democracia representativa, como o voto, as eleições e a capacidade representativa do sistema. A hipótese aponta que os níveis de satisfação com o regime democrático são condicionados não apenas pela avaliação de seus resultados, mas também da eficácia de seus aspectos normativos. É a inclusão dessa percepção de procedimentos que faz com que a avaliação da democracia diferencie-se conceitual e empiricamente da avaliação dos governantes do momento. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.