Busca avançada
Ano de início
Entree

Molécula antioxidante no controle de doenças em plantas: o N-acetil-cisteína (NAC)

Processo: 15/22144-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de julho de 2016 - 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Simone Cristina Picchi
Beneficiário:Simone Cristina Picchi
Empresa:Simone Cristina Picchi
Município: Araras
Pesq. associados:Alessandra Alves de Souza ; Helvecio Della Coletta Filho ; Marco Aurélio Takita ; Marcos Antonio Machado
Auxílios(s) vinculado(s):17/02733-6 - N-acetil-cisteína (NAC): uma molécula antioxidante no controle de doenças bacterianas de plantas, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):16/23598-7 - Molécula antioxidante no controle de doenças em plantas: o N-acetil-cisteína (NAC), BP.TT
16/14573-0 - Molécula antioxidante no controle de doenças em plantas: o N-acetil-cisteína (NAC), BP.PIPE
Assunto(s):Citrus  Cancro (doença de planta)  Antioxidantes  Clorose variegada dos citros  Acetilcisteína 

Resumo

A proposta deste PIPE visa oferecer uma alternativa sustentável e economicamente viável para o manejo da CVC e CC. Propõe-se o desenvolvimento de dois compostos para serem aplicados em campo, ambos baseados nos potenciais antioxidante, antiadesivo e antibacteriano da molécula N-acetil-cisteína (NAC), um análogo do aminoácido cisteína e amplamente utilizado na saúde humana, devido à sua baixa toxicidade. Este composto é comprovadamente eficaz na diminuição do título bacteriano em plantas infectadas com CVC, reduzindo os sintomas e possibilitando a utilização do fruto para o processamento de sucos mesmo em plantas em estágios avançados de infecção. Para o CC devido aos efeitos desagregadores do biofilme bacteriano é proposto que a aplicação de NAC possa ser utilizada de maneira profilática em campo, impedindo a progressão da doença. Com isso a proposta é o desenvolvimento de dois produtos para que tais objetivos sejam atingidos na lavoura: o NACsolution (para ser pulverizado) e o NACagri (aplicado como biofertilizante). Ambos poderão ser utilizados inicialmente na citricultura, mas com potencial de expansão para outros cultivos de importância econômica. Há vários anos a Fapesp financia os estudos do efeito do NAC nas bactérias causadoras de CVC e CC e este projeto representa a última etapa desde ciclo, necessária para que seja realizada a transferência de tecnologia, passando o fruto da produção intelectual dos últimos anos para o produtor de citros. Pretendemos consolidar ao final deste projeto a transformação do conhecimento em inovação para o benefício da sociedade, fornecendo um produto ecologicamente correto em comparação com as atuais alternativas existentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Molécula usada em saúde humana controla pragas que atacam citros 
Laranja pode tornar-se geneticamente resistente a pragas agrícolas 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Molécula usada em saúde humana controla pragas que atacam citros 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.