Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de espécies de Ni e v em amostras de petróleo

Processo: 16/02603-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Angerson Nogueira Do Nascimento
Beneficiário:Angerson Nogueira Do Nascimento
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Níquel  Indústria petroquímica  Fracionamento  Vanádio 

Resumo

A determinação de elementos traço em petróleo e derivados petroquímicos (gasolina, óleo combustível, entre outros) tem sido o foco principal de atenção de diferentes trabalhos publicados anualmente. Já que tais elementos (como por exemplo, As, Cu, Fe, Hg, Ni, Pb, S, Se, Co e V) afetam os processos de craqueamento e refino do petróleo, pois podem contribuir para os processos de corrosão e também de contaminação de processos catalíticos. Outro fator importante está no constante risco de poluição ambiental que ocorre quando há derramamento de petróleo e/ou descartes indevidos de metais pesados em efluentes industriais, acarretando em riscos para a fauna e flora daquele ecossistema, liberando espécies químicas potencialmente tóxicas para o meio ambiente. Apesar da concentração total elementar ser importante para se conhecer a composição química do petróleo, deve-se ter em mente que esta não reflete a quantidade do compostos potencialmente tóxicos a saúde humana e que podem estar associados à diferentes macromoléculas e, também, que contribuem para reduções no processo de refino. Portanto, em alguns casos, sobretudo para estudos relacionados com a qualidade de combustíveis é preciso conhecer quais as espécies químicas presentes nestes produtos. Porém, para se realizar a especiação química é necessário desenvolver metodologias analíticas que possibilitem fracionar os analitos com o objetivo de isolar tais compostos e facilitar o processo inicial de correlação entre espécies elementares e moleculares. Sendo assim, torna-se necessário realizar a identificação, determinação e fracionamento de elementos traço em petróleo e seus derivados utilizando a espectrometria de absorção atômica, a espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado juntamente com técnicas de separação e identificação molecular, tais como, a extração líquido/líquido, a cromatografia líquida de alta eficiência e cromatografia gasosa. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA XAVIER, ALEXSANDRA DIAS; SOUSA FURTADO, DANIELLE ZILDEANA; ASSUNCAO, NILSON ANTONIO; NASCIMENTO, ANGERSON NOGUEIRA. Bioacessibility of Fe and Zn (associated to proteins) in cashew nut. Journal of Food Composition and Analysis, v. 83, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
MINGRONI, THAIS T.; HAMADA, JULIANA; XAVIER, ALEXSANDRA D. S.; CAVALCANTE, CLEUSA; DO NASCIMENTO, ANGERSON N. In vitro Evaluation of Ca, Cu, and Mg Bioaccessibility in Fresh and Dried Fruits. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 30, n. 1, p. 108-115, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.
CAVALCANTE, CLEUSA; DE OLIVEIRA, JOSE PAULO; HAMADA, JULIANA; DE SIQUEIRA, FERNANDA AMARAL; DO NASCIMENTO, ANGERSON NOGUEIRA. Sequential extraction procedure for the separation of Ni and V species in crude oil and analysis by ETAAS, GC-MS, and IR. FUEL, v. 220, p. 631-637, MAY 15 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.