Busca avançada
Ano de início
Entree

Plataforma RFID com sensores de pressão e temperatura passivos para identificação, gestão e aquisição de dados de pneus Savetyre® v3.0

Processo: 15/01031-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:José Caruso Gomes
Beneficiário:José Caruso Gomes
Empresa:Saveway Comércio e Representações de Softwares Ltda
Município: Campinas
Bolsa(s) vinculada(s):18/00657-3 - Desenvolvimentos de softwares para sistema de inteligência de negócio com base em dados coletados pelo sistema Savetyre® 3.0, BP.TT
17/08597-7 - Projeto e desenvolvimento de componentes de softwares para antena Savetyre e dispositivo móvel, BP.TT
16/21939-1 - Bolsa TT4a: encapsulamento de sensores de pressão e temperatura passivos, BP.TT
16/23616-5 - Desenvolvimento de sistemas de informação digitais utilizando dispositivos lógicos programáveis e microcontroladores, BP.TT
16/20534-8 - Desenvolvimentos de softwares para sistema de inteligência de negócio com base em dados coletados pelo sistema Savetyre® 3.0, BP.TT
Assunto(s):Tecnologia  Tecnologia sem fio  Dispositivo de identificação por radiofrequência  Sistema de aquisição de dados  Sensores  Pneus 

Resumo

A tecnologia RFID apresenta-se como uma ótima plataforma para o desenvolvimento de sensores sem fio baratos e eficientes. Sua integração a sistemas e dispositivos móveis tem potencial para transformar a forma e a eficiência de como coletamos dados sobre o estado do ambiente ao nosso redor (i.e. pressão, temperatura, umidade, luminosidade, etc.), de equipamentos (avarias, choques físicos, posicionamento), de processos e até de pessoas (em um ambiente hospitalar, por exemplo). Em ambientes industriais, de cadeias de suprimento e de chão de fábrica, essa coleta melhorada e facilitada de dados tem potencial para disponibilizar de maneira mais ágil e eficaz informações para realizar boa gestão, viabilizando a tomada de decisão e a realização de ações preventivas e preditivas com base em dados reais e atualizados. Como consequência, as empresas podem otimizar o uso dos recursos disponíveis e manter seus processos sob controle. Neste contexto, este projeto visa desenvolver uma nova plataforma passiva de sensoriamento baseada em RFID, para melhorar a eficiência dos sistemas de transporte através da gestão de pneus, ativo que geralmente é o terceiro maior custo de uma transportadora, atrás apenas de combustível e manutenção (D., et al., 2014). Com foco na disponibilização ao mercado de hardwares e softwares desenvolvidos e integrados de maneira inovadora, o sistema permitirá a coleta de dados de pressão de calibração e de temperatura interna de pneus comerciais de maneira automatizada, sem fio, mais ágil e mais precisa do que maneira tradicional. O projeto se baseia em versão de produto desenvolvido com auxílio da FAPESP (Projeto PIPE - Savetyre®), cujo Tag RFID é capaz de identificar o pneu por toda sua vida útil, mas não de coletar informações sobre seu estado interno, que é escopo do presente projeto de inovação tecnológica. Aos novos componentes de sensoriamento será adicionado um sistema de inteligência de negócio (Business Intelligence), o qual será responsável pelo processamento e apresentação de dados ao usuário final. Devido às características deste novo sistema sensor, este software contará com a vantagem de ter dados mais precisos e em maior quantidade, possibilitando levar a gestão de pneus a um patamar ainda mais eficiente e inteligente do que sua versão anterior, o Savetyre® PC v2.0. Como consequência, será possível reduzir custos operacionais e desperdícios, diminuir o impacto ambiental e transformar, de maneira inovadora e para melhor, os processos de uso, manutenção e administração de pneus em operadores logísticos. A inovação está, então, tanto na tecnologia quanto na possibilidade de novos processos para coleta de dados e gestão de pneus. Está no conjunto de solução que considera a identificação e sensoriamento integrado, passivo e para pneus, e na introdução de tecnologia de ponta em ambientes que costumeiramente fazem baixo uso desses recursos (como borracharias). Nesses ambientes, de transportadoras brasileiras, cuja gestão de pneus é em geral bastante rudimentar, o potencial de redução de custo relativo a pneus está estimado para se estabilizar em torno de 40%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Automated platform monitors tire status in truck fleets  
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Plataforma automatizada monitora a saúde de pneus 
Automated platform monitors tire status in truck fleets 
Radiofrequência torna gestão de pneus mais eficiente 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.