Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise proteômica de diferentes estágios evolutivos de Strongyloides venezuelensis

Processo: 16/06185-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Helmintologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Fabiana Martins de Paula
Beneficiário:Fabiana Martins de Paula
Instituição-sede: Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Julia Maria Costa Cruz ; Marcelo Andreetta Corral ; Maria Cristina Carvalho Do Espírito Santo ; Priscilla Duarte Marques Fonseca ; Ronaldo Cesar Borges Gryschek ; William de Castro Borges
Bolsa(s) vinculada(s):18/06129-9 - Manutenção de estágios evolutivos de Strongyloides venezuelensis, BP.TT
16/20702-8 - Manutenção de estágios evolutivos de Strongyloides venezuelensis, BP.TT
Assunto(s):Proteômica 

Resumo

A estrongiloidíase é uma doença parasitária causada pelo nematódeo Strongyloides stercoralis. Esta helmintíase pode assumir extrema gravidade, culminando em morte, sobretudo em pacientes imunodeprimidos. Cada vez mais se tem utilizado a espécie Strongyloides venezuelensis, como alternativa para produção de antígenos, além do estudo de aspectos da relação parasito-hospedeiro envolvidos na infecção. Utilizando a proteômica, o presente projeto tem como objetivo avaliar a expressão de proteínas nos diferentes estágios evolutivos de S. venezuelensis, bem como identificar proteínas imunogênicas do estágio de larva filarioide de S. venezuelensis reconhecidas ao longo da estrongiloidíase experimental. (AU)