Busca avançada
Ano de início
Entree

Incidência de doença tireoidiana clínica, subclínica e de anticorpos anti-tireoperoxidase no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil)

Processo: 15/17213-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Isabela Judith Martins Bensenor
Beneficiário:Isabela Judith Martins Bensenor
Instituição-sede: Hospital Universitário (HU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Paulo Andrade Lotufo
Pesq. associados:Airlane Pereira Alencar ; Alessandra Carvalho Goulart ; Alexandre da Costa Pereira ; Andrei Carvalho Sposito ; Bianca de Almeida Pititto ; Itamar de Souza Santos ; Márcio Sommer Bittencourt ; Raul Dias dos Santos Filho ; Sandra Roberta Gouvea Ferreira Vivolo
Auxílios(s) vinculado(s):20/05441-9 - Impacto na saúde mental da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) nos participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil) do estado de São Paulo, AP.R
Bolsa(s) vinculada(s):17/21508-3 - Incidência de doença tireoidiana clínica, subclínica e de anticorpos anti-tireoperoxidase no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), BP.TT
16/22077-3 - Associação entre o perfil de fatores de risco para doença cardiovascular com destaque para fatores associados a dieta como a deficiência de selênio e os níveis de TSH/T4-livre e a função tireoidiana, BP.IC
16/21937-9 - Disfunção tireoidiana clínica, subclínica e anticorpos anti-tireoperoxidase e sua associação com transtornos psiquiátricos na linha de base e após seguimento de 4 anos do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), BP.DD
16/22606-6 - Incidência dè doença tireoidiana clínica, subclínica e dè anticorpos anti-tireoperoxidase N‚O Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), BP.TT
Assunto(s):Doenças cardiovasculares  Fatores de risco  Doenças da glândula tireoide  Transtornos mentais  Estudos de coortes  Estudos longitudinais 

Resumo

A doença cardiovascular é a principal causa de morte no mundo e a importância crescente da depressão e do declínio cognitivo na população mundial como causa de anos vividos com comprometimento da qualidade de vida vem aumentando no mundo e no Brasil. A maioria das coortes estão estabelecidas nos Estados Unidos/Europa focadas nos fatores de risco cardiovasculares tradicionais. Fatores emergentes como a doença tireoidiana clínica e subclínica são relativamente menos estudados. Desde o estudo de Wickham com 2800 participantes seguidos por várias décadas até os dados do "Framingham Heart Study" relativos a função tireoidiana e outros desfechos clínicos, muito se aprendeu sobre a função tireoidiana, mas muito ainda precisa ser estudado. Embora muito se fale da relação das doenças subclínicas da tireoide com mortalidade geral, cardiovascular e demência pouco se sabe dos mecanismos envolvidos nessa associação e se os resultados de estudos feitos nos Estados Unidos/Europa serão replicados em outras populações. Poucos estudos (Brasil) avaliaram a prevalência de doenças da tireoide e nenhum avaliou sua incidência. O ELSA-Brasil é uma coorte prospectiva multicêntrica com 15.105 funcionários 35-74 anos de 6 instituições públicas que visa investigar aspectos epidemiológicos/clínicos de doenças crônicas não-transmissíveis. A 1a coleta de dados (onda 1) ocorreu de ago/2008 a dez/2010; a 2a coleta (onda 2) ocorreu 4 anos após de ago/2012 a dez/2014 incluindo entrevistas/realização de exames. A vigilância de desfecho é feita por contato telefônico anual/linkage com bancos de dados secundários. Na onda 1 foi colhido TSH (todos os participantes) e T4-livre se os valores de TSH eram alterados. Na onda 2 não foi avaliada a função tireoidiana, mas foram estocadas amostras de soro. Para a realização do estudo serão dosados na onda 1-T4-livre e anti-TPO; na onda 2- TSH, T4-livre e anti-TPO. O TSH e o T4-livre serão dosados por método imunoenzimático-3a geração. Pontos de corte para o TSH:<0.4 mIU/L para hiper/>4.0mIU/L para hipotireoidismo. Para o T4-livre: <0,8 ng/ml para hipo/>1,9 ng/ml para hipertireoidismo; para dosagem de anti-TPO utilizaremos ensaio imunológico competitivo por quimioluminescência com anticorpo monoclonal (Siemens). Todos os participantes informaram sobre uso de medicamentos para tratamento de doença tireoidiana. Para diagnóstico de transtorno psiquiátrico utilizaremos o Clinical Interview Schedule - Revised (CIS-R) que avalia transtornos psiquiátricos. Para avaliação de cognição usaram-se 3 testes do CERAD: memória imediata/tardia, fluência verbal semântica/fonêmica e teste da trilha B (função executiva). Análise estatística: Cálculo da incidência de alterações da função tireoidiana/10.000 participantes. Usaremos modelo de Cox para cálculo do risco relativo (RR) após 4 anos de acordo com a presença de alteração da função tireoidiana na linha de base (função tireoidiana normal-referência). Os dados serão apresentados na forma de RR e IC 95% brutos, com ajuste por idade/sexo e ajuste multivariado. A proposta aqui apresentada é utilizar todos os recursos já existentes no ELSA-Brasil para estabelecer um estudo competitivo em nível internacional para avaliação da relação entre função tireoidiana e doença cardiovascular, fatores de risco associados com destaque para os relacionados ao colesterol total e frações, ao declínio cognitivo e aos transtornos psiquiátricos. Destaca-se na presente proposta a ampliação de parcerias com pesquisadores de grandes centros nos Estados Unidos: University of Miami, Brown University, com o Baptist Hospital of Miami, Brigham and Women´s Hospital/Harvard Medical School e com a Johns Hopkins e empresas de biotecnologia, a Atherotech (Birmingham, Alabama, US e a Liposcience, agora LabCorp (Raleigh, North Carolina, US) que realizaram gratuitamente a dosagem do perfil lipídico por ultracentrifugação vertical e ressonância nuclear magnética, respectivamente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em Epidemiologia de Doenças Crônicas com Bolsa da FAPESP 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
El peso de las emociones sobre el corazón 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HOSHI, ROSANGELA A.; ANDREAO, V, RODRIGO; SANTOS, ITAMAR S.; DANTAS, EDUARDO M.; MILL, JOSE GERALDO; LOTUFO, PAULO A.; BENSENOR, ISABELA M. Linear and nonlinear analyses of heart rate variability following orthostatism in subclinical hypothyroidism. MEDICINE, v. 98, n. 4 JAN 2019. Citações Web of Science: 0.
PEIXOTO DE MIRANDA, E. J. F.; BITTENCOURT, M. S.; STANIAK, H. L.; SHAROVSKY, R.; PEREIRA, A. C.; FOPPA, M.; SANTOS, I. S.; LOTUFO, P. A.; BENSENOR, I. M. Thyrotropin and free thyroxine levels and coronary artery disease: cross-sectional analysis of the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil). Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 51, n. 5, p. -, 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.