Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas abordagens de avaliação para indivíduos com doenças respiratórias obstrutivas crônicas

Processo: 16/05968-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Celso Ricardo Fernandes de Carvalho
Beneficiário:Celso Ricardo Fernandes de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Adriana Claudia Lunardi ; Aline Costa Lopes ; Ana Carolina Alves Caporali Pereira ; Cibele Cristine Berto Marques da Silva ; Rafaella Fagundes Xavier ; Renata Cléia Claudino Barbosa
Assunto(s):Modalidades de fisioterapia  Reabilitação pulmonar  Doença pulmonar obstrutiva crônica  Asma  Teste de esforço  Autopercepção 

Resumo

Um programa de reabilitação pulmonar (RP) é definido a partir de uma avaliação adequada que deve incluir, pelo menos, uma avaliação funcional. Porém, não há consenso sobre qual teste clínico avalia a capacidade física de asmáticos. Já para pacientes com DPOC, a RP está bem mais estabelecida mas sabe-se que eles apresentam pior equilíbrio quando comparado com indivíduos sem a doença e que a manutenção da atividade física é muito importante para não piorar seu estado clínico. Porém, os fatores preditivos para a alteração de equilíbrio em DPOCs e para manutenção do seu nível de atividade físico são pouco compreendidos. Para responder estes questionamentos, o presente projeto de pesquisa inclui 3 sub-projetos. Objetivos primários: Projeto I: Avaliar o desempenho físico e as respostas cardiovascular, respiratória e metabólica de indivíduos asmáticos eutróficos e obesos usando o teste do degrau; Projeto II: Determinar quais fatores preditivos estão associados à alteração de equilíbrio em indivíduos com DPOC; Projeto III: Verificar a associação dos fatores psicossociais com o nível de atividade física em indivíduos com DPOC. Métodos: Projeto I: Serão avaliados 60 asmáticos adultos, eutróficos e obesos grau II com doença persistente moderada e grave. Todos serão submetidos ao teste de esforço cardiopulmonar, teste do degrau e avaliação do nível de atividade física (acelerometria). O teste de Dunnett será usado para comparações múltiplas e os limites de concordância e precisão para o VO2 pico e o teste de degrau serão analisados pelo Bland & Altman. Projeto II: Serão avaliados 70 indivíduos com DPOC de ambos os sexos com doença moderada a grave. Todos serão avaliados quanto ao equilíbrio postural (mini BESTest e Plataforma de força), força muscular do quadríceps (dinamometria), nível de atividade física (acelerometria), função pulmonar completa, dispneia (Escala mMRC), qualidade de vida (Questionário da doença respiratória crônica, CRQ), impacto dos sintomas da doença (Teste de avaliação da DPOC, CAT), medo de cair (Falls Efficacy Scale-International) e incidência de quedas em 1 ano após a avaliação inicial. Modelos de análise múltipla serão usados para determinar os fatores preditivos. Projeto III: Serão avaliados 150 indivíduos com DPOC de ambos os sexos. Todos serão avaliados quanto à escolaridade, condição socioeconômica, auto-eficácia (General self-efficacy scale, GSE), suporte social (Medical outcomes study social support survey, MOS-SSS), percepção da doença (Illness perception questionnaire, IPQ-R), fatores de saúde relacionados à qualidade de vida (Chronic respiratory questionnaire, CRQ), nível de atividade física (acelerometria). Modelos de análise múltipla serão usados para determinar os fatores preditivos do nível de atividade física. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOPES, ALINE C.; XAVIER, RAFAELLA F.; PEREIRA, ANA CAROLINA A. C.; STELMACH, RAFAEL; FERNANDES, FREDERICO L. A.; HARRISON, SAMANTHA L.; CARVALHO, CELSO R. F. Identifying COPD patients at risk for worse symptoms, HRQoL, and self-efficacy: A cluster analysis. CHRONIC ILLNESS, v. 15, n. 2, p. 138-148, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.