Busca avançada
Ano de início
Entree

Borda leste do Arco Magmático de Santa Quitéria: uma nova zona de ultra-alta pressão no Domínio Ceará Central?

Processo: 16/08289-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Ticiano José Saraiva dos Santos
Beneficiário:Ticiano José Saraiva dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Geologia regional  Geotectônica 

Resumo

Arcos magmáticos estão associados à subsducção de litosfera oceânica, que no progressivo fechamento oceânico pode culminar com colisão continental. Em alguns poucos orógenos fanerozóicos do mundo tem se verificado a subducção de crosta continental á profundidades mantélicas acima de 150km, evidenciada pelos terrenos de ultra-alta pressão (UHP) e alta pressão (HP). Recentemente se identificamos na porção norte da Província Borborema, na borda oeste do arco magmático continental Santa Quitéria (AMCSQ), uma faixa de ultra alta pressão (Faixa eclogítica de Forquilha) caracterizada por inclusões de coesita em granada de rochas metamáficas (granada piroxenitos). Na borda oeste desse arco, foi individualizada a Unidade Lagoa Caiçara com idades de cristalização entre 640 e 830 Ma e interpretada com arco intra-oceânico. Dados de magneto-telúrico (MT) têm indicado que o AMCSQ foi originado por subducção dupla com vergências opostas. Neste projeto, detalharemos contexto tectônico da borda leste do AMCSQ, visando entender os processos colisionais e acrescionários desencadeados no Neoproterozóico ou mais antigos. Para isto, utilizar-se-á de detalhados levantamento de campo, análise petrográfica e termobarométrica, análises geocronológica Sm-Nd e U-Pb e geoquímica de rochas metabásicas e metassedimentares possivelmente submetidas à condições profundas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.