Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre adiposidade materna e adiposidade do concepto nos períodos fetal, neonatal e no primeiro ano de vida: estudo prospectivo de base populacional

Processo: 15/03333-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de outubro de 2016 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Beneficiário:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandra Ivo de Medeiros ; Gizelton Pereira Alencar ; Jonathan Wells ; Philip Newsholme
Auxílios(s) vinculado(s):19/07717-4 - EMU concedido no processo 2015/03333-6: equipamento de bioimpedância ImpediMed ImpTM SFB7, AP.EMU
Bolsa(s) vinculada(s):18/17824-0 - Perfil da Metilação do DNA do binômio mãe-concepto no contexto da obesidade materna e adiposidade fetal e neonatal, BP.DR
19/03764-8 - Prevalência de anemia em mulheres no primeiro trimestre de gestação, BP.TT
18/13468-4 - A relação entre adiposidade corporal materna e fetal em mulheres saudáveis e com diabetes mellitus gestacional: estudo coorte prospectivo de base populacional em Araraquara, SP, BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 18/10950-0 - História obstétrica de gestantes atendidas em Unidades Básicas de Saúde de Araraquara, SP, BP.TT
17/26177-5 - Estado nutricional e perfil glicêmico de gestantes, BP.TT
17/07143-2 - Uma abordagem imunológica da relação entre adiposidade materna e do concepto nos períodos fetal, neonatal e no primeiro ano de vida, BP.PD
17/01690-1 - Estado nutricional e perfil glicêmico de gestantes, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Adiposidade  Composição corporal  Inflamação  Metabolismo  Gestantes  Recém-nascido 

Resumo

A pandemia mundial da obesidade mostra a necessidade de se investigar os fatores envolvidos na instalação precoce dessa patologia, ainda na fase intrauterina. Este estudo original, coorte prospectivo de base populacional visa avaliar o estado nutricional, composição corporal e fatores metabólicos de mulheres nos 3 trimestres da gestação e relacionar com adiposidade do feto, neonato e criança no primeiro ano de vida. Serão também investigados o estado inflamatório/imunológico de sub-amostra das gestantes por inovadora abordagem ex-vivo, e expressão gênica. Duas mil (2000) mulheres com idade gestacional menor ou igual a 12 semanas, atendidas no pré-natal das 31 Unidades de Saúde de Araraquara, SP deverão ser acompanhadas nos 3 trimestres da gestação até nascimento dos conceptos, que serão investigados trimestralmente até 1 ano de idade. O estado nutricional e adiposidade materna serão avaliados respectivamente por IMC e bioimpedância elétrica segmentada, validada por análise de isótopos estáveis. Para avaliação da composição corporal do feto, neonato e criança com 1 ano de vida serão utilizados respectivamente, ultrassonografia, pletismografia e absorciometria com raio-X de dupla emissão. Os perfis hematológico, glicêmico, lipídico e inflamatório/ imunológico deverão ser determinados por hemograma, glicemia, insulina, HOMA-IR, hemoglobina glicada, colesterol total/frações, triglicérides, apo-A1, apo-B, PCR-us e citocinas em sangues materno, do cordão umbilical e/ou da criança. A expressão gênica será avaliada por técnica micro-array. O impacto dos fatores maternos investigados na adiposidade do feto, neonato e criança serão analisados por regressão linear múltipla e métodos recentes para análise de dados longitudinais e de modelagem multivariada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
FSP-USP abre vaga de doutorado no Departamento de Nutrição Neonatal 
Pós-Doutorado em Nutrição na USP com Bolsa da FAPESP 
Treinamento Técnico em Saúde Coletiva com bolsa da FAPESP 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.