Busca avançada
Ano de início
Entree

12º Colóquio de Moda, 9ª Edição Internacional, 11ª Edição Fórum das Escolas de Moda e 3ª Edição Congresso Brasileiro de Iniciação Científica

Resumo

O Colóquio de Moda ocorre anualmente desde 2005. A cada ano é sediado por uma instituição de ensino localizada em diferentes estados brasileiro, dessa forma permitindo o acesso a diferentes pesquisadores, professores, estudantes de graduação e de pós-graduação e, também aos profissionais de todo o país às questões dos estudos e das pesquisas relacionadas à moda, suas áreas correlatas e na inter-relação com diferentes áreas, confirmando a vocação interdisciplinar desse evento científico cujo objetivo é possibilitar a troca de conhecimentos entre pesquisadores, educadores, estudantes e profissionais a respeito do estado da arte, da ciência e da tecnologia desenvolvidas por meio da produção científica nacional e internacional no campo da Moda e em suas conexões. Em 2016 o Colóquio de Moda está em sua 12-ª edição nacional, 9ª edição internacional, 11ª edição do Fórum das Escolas de Moda e 3ª edição do Congresso Brasileiro de Iniciação Científica em Design e Moda e será realizado na Unipê- Centro Universitário de João Pessoa (PA) . Essa reunião científica é promovida e organizada pela ABEPEM (Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda) em conjunto com o comitê local e congrega um conjunto de atividades que neste ano contará com: 3 conferências internacionais, palestras nacionais e internacionais, 8 mesas redondas, 14 grupos de trabalhos- GT's e apresentação dos trabalhos científicos- COs e posteres selecionados entres 384 trabalhos inscritos, fórum acadêmico a respeito do ensino de moda e design; 10 Mini cursos;; reuniões de trabalho; atividades acadêmicas e culturais: lançamento de livros, exposições de produtos e serviços de agentes locais, concurso de Moda Gustavo Gili e o Prêmio Gilda de Mello e Souza para os melhores trabalhos. A disseminação da produção selecionada e apresentada nesse evento é publicada em anais eletrônicos digitais disponibilizados na internet com livre acesso; nos periódicos científicos Revista Dobras e na Revista Iniciação. (AU)