Busca avançada
Ano de início
Entree

XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais e VII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población

Resumo

A mudança demográfica na América Latina e no Caribe tem apresentado singularidades históricas em comparação com outras regiões em desenvolvimento. Também é importante considerar que os processos de transição não foram homogêneos dentro das Regiões, coexistindo no interior delas situações muito diversas como no caso da América Latina e do Caribe.A existência simultânea de convergências de processos demográficos entre regiões em desenvolvimento por ação de forças comuns - que normalmente se agrupam em conceitos como modernização, individualização, racionalização e mercantilização -, e de divergências em razão de especificidades históricas, socioeconômicas, culturais e políticas, resulta frutífera para efetuar a comparação dos processos demográficos entre regiões em desenvolvimento, que incluam o exame dos fatores que incidem em suas eventuais convergências e divergências. O mesmo entendimento vale para o caso brasileiro.Por esses motivos, o objetivo principal do evento é apresentar e debater os avanços recentes de investigação sobre processos populacionais na região que estimulem, simultaneamente, análises de tipo comparativo com outras regionais e de países em desenvolvimento. Com este propósito, foram organizadas sessões regulares, plenárias, mesas regulares e pôsteres para a exposição de resultados de investigação sobre demografia histórica; dinâmica demográfica; fecundidade; mortalidade; saúde e direitos sexuais e reprodutivos; nupcialidade e famílias; gênero; cidades e urbanização; migração interna e internacional; pobreza e desigualdade; população e desenvolvimento; povos indígenas; etnia e raça; projeções; infância, juventude e envelhecimento; estudos de população em fronteiras; população e ambiente. Foz do Iguaçu foi uma escolha simbólica já que é a cidade da tríplice fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai, onde os movimentos migratórios e pendulares, a dinâmica demográfica específica da fronteira, entre outros se dimensionam de forma intensa. (AU)