Busca avançada
Ano de início
Entree

IX Seminário Direitos Humanos no Século XXI e IX Encontro de Direitos Humanos da UNESP

Resumo

O tema Direitos Humanos tem ocupado lugar de destaque na agenda de organizações nacionais e internacionais. Educar em Direitos Humanos e para a Cidadania são compromissos de todas as instituições de ensino determinados em documentos oficiais. Consideramos que existe um processo de democratização em curso mas que assume diferentes formas de acordo com a situação específica de cada Estado e segundo a história de cada sociedade. Há que se considerar, no período democrático, que a exclusão social moderna mudou de natureza. Em suas diferentes formas, desde a econômica até a que diz respeito aos direitos de cidadania de grupos sociais vulnerabilizados, devem ser discutidas e colocadas em pauta apontando que a democracia e os vários documentos internacionais de direitos humanos não têm conseguido livrar uma legião de pessoas da total exclusão ou dos preconceitos (de gênero, raça-etnia e outros) que também excluem, contudo, é através da democracia, do reafirmar dos direitos humanos, da ação política e da participação, que a superação das desigualdades e da exclusão pode ser conseguida. Nesse sentido, a Universidade, as escolas de todos os níveis de ensino, outras instituições assim como a sociedade como um todo, não podem se isentar da sua responsabilidade de promover o debate e a reflexão com vistas a orientar ações concretas no campo específico dos Direitos Humanos e da formação para a Cidadania. Este é um dos objetivos do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília que, nos seus 20 anos de existência, tem desenvolvido ações voltadas ao respeito, ao conhecimento e à garantia dos direitos humanos, concebendo a educação como um dos seus principais âmbitos para a formação cidadã e para a transformação da sociedade. Relembraremos esta história e refletiremos sobre os desafios que se apresentam para a consolidação da cultura em direitos humanos. (AU)