Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do momento da administração de metronidazol e amoxicilina sistêmicos no tratamento da periodontite crônica

Processo: 16/10958-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Magda Feres Figueiredo
Beneficiário:Magda Feres Figueiredo
Instituição-sede: Universidade Universus Veritas Guarulhos (Univeritas UNG). Guarulhos , SP, Brasil
Pesq. associados:Cláudio Mendes Pannuti ; Giuseppe Alexandre Romito ; Luciene Cristina de Figueiredo ; Marcelo de Faveri ; Maria Josefa Mestnik
Assunto(s):Periodontite crônica  Tratamento periodontal  Amoxicilina  Estudo clínico  Metronidazol  Microbiologia 

Resumo

A combinação de metronidazol (MTZ) e amoxicilina (AMX) sistêmicos à raspagem e alisamento radicular (RAR) tem mostrado ser um tratamento periodontal promissor. Porém, algumas questões fundamentais relacionadas ao protocolo de utilização desses antibióticos ainda precisam ser estabelecidas. Apesar desses agentes muitas vezes serem prescritos após a fase de reparo da RAR, existe plausibilidade biológica para sua utilização juntamente com o tratamento mecânico. Porém, até hoje, nenhum estudo clínico aleatorizado controlado (RCT) por placebo comparou diretamente esses dois protocolos. Sendo assim, o objetivo deste RCT bicêntrico é comparar os efeitos clínicos e microbiológicos do MTZ+AMX sistêmicos adjuntos à RAR no tratamento da periodontite crônica generalizada (PCrG) administrados em diferentes fases da terapia. 180 voluntários com PCrG serão aleatoriamente distribuídos em três grupos terapêuticos (n=60/grupo), que receberão RAR somente (Grupo Controle) ou em combinação com 400mg MTZ+500 mg AMX iniciando na primeira sessão de RAR (Grupo Teste 1) ou após a fase de reparo (Grupo Teste 2). Todos os voluntários serão avaliados clínica e microbiologicamente no exame inicial, 3, 6 e 12 meses pós-terapia. Nove amostras de biofilme subgengival serão coletadas por indivíduo e analisadas para níveis e proporções de 40 espécies bacterianas pelo checkerboard DNA-DNA hybridization. Diferenças nos parâmetros clínicos e microbiológicos entre os tempos experimentais e entre cada grupo serão avaliadas por meio dos testes ANOVA, ANCOVA, Qui-quadrado e Tukey. As análises microbiológicas serão realizadas utilizando ajustes para comparações múltiplas. A significância estatística será estabelecida em 5% . (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERES, MAGDA; RETAMAL-VALDES, BELEN; MESTNIK, MARIA JOSEFA; DE FIGUEIREDO, LUCIENE CRISTINA; FAVERI, MARCELO; DUARTE, POLIANA M.; FRITOLI, ARETUZA; FAUSTINO, ELISANGELA; SILVEIRA SOUTO, MARIA LUISA; RODRIGUES, MICHELLE DE FRANCO; GIUDICISSI, MARCELA; LARA NOGUEIRA, BARBARA CAMPOS; SARAIVA, LUCIANA; ROMITO, GIUSEPPE ALEXANDRE; PANNUTI, CLAUDIO MENDES. The ideal time of systemic metronidazole and amoxicillin administration in the treatment of severe periodontitis: study protocol for a randomized controlled trial. Trials, v. 19, MAR 27 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.