Busca avançada
Ano de início
Entree

Nitrogênio e fitormônios na indução da coloração rubra em Alcantarea imperialis (Carrière) Harms e Epidendrum denticulatum Barb.Rodr

Processo: 16/14865-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2016 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Rogério Mamoru Suzuki
Beneficiário:Rogério Mamoru Suzuki
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Silvia Ribeiro de Souza ; Vivian Tamaki
Assunto(s):Orchidaceae  Etilenos  Desenvolvimento vegetal  Inovações tecnológicas  Bromeliaceae 

Resumo

Alcantarea imperialis (Carrière) Harms é uma bromélia rupícola muito utilizada no paisagismo e encontra-se ameaçada de extinção, devido ao extrativismo ilegal. Epidendrum denticulatum Barb.Rodr. é uma orquídea terrícola ou rupícola presente na Mata Atlântica e no Cerrado. Dependendo da condição ambiental as folhas apresentam uma coloração rubra mais acentuada tornando-a mais atraente. Sabendo-se que plantas coloridas são mais utilizadas em decoração de ambientes e projetos paisagísticos, pretende-se com este trabalho buscar formas para maximizar a pigmentação rubra em plantas de A. imperialis e E. denticulatum cultivadas in vitro para a produção de exemplares que despertam maior interesse econômico e paisagístico. O estudo será conduzido com diferentes fontes e concentrações de nitrogênio (N) em combinação com os fitohormônios etileno e metil jasmonato, que estimulam a produção de antocianinas. Pretende-se com esse estudo otimizar um método capaz de induzir a coloração rubra nestas duas espécies em menor tempo e custo para o produtor. Diferentes doses e combinações dos indutores serão testados em plântulas germinadas em meio de cultura de Murashige & Skoog Serão avaliados: o índice de coloração rubra em cada tratamento, parâmetros biométricos, massas fresca e seca, pigmentos fotossintéticos (clorofila a, b e carotenoides), antocianinas, composição de nitrogênio e a produção de etileno e metil jasmonato endógenos. Para garantir que a condição ótima de indução não irá promover danos oxidativo futuros, o teor de glutationa também será analisado. Os resultados obtidos no presente estudo contribuirão não apenas para a produção de A. imperialis e de E. denticulatum de maior valor agregado, mas principalmente permitirá uma atuação científica-tecnologia significativa na área de plantas ornamentais. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.