Busca avançada
Ano de início
Entree

A ativação/inibição da autofagia pelos triterpenóides e o impacto da interação em membranas: implicações terapêuticas antitumorais

Processo: 16/07642-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2016 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Waleska Kerllen Martins Gardesani
Beneficiário:Waleska Kerllen Martins Gardesani
Instituição-sede: Anhanguera Educacional S/A (AESA). São Bernardo do Campo , SP, Brasil
Pesq. associados:Rosangela Itri ; Susana Nogueira Diniz ; Tayana Mazin Tsubone
Bolsa(s) vinculada(s):16/22923-1 - Caracterização da interação do triterpenóide ácido betulínico com miméticos de membranas à luz da composição lipídica, BP.TT
16/24435-4 - Plataforma de monitoração da resposta celular segundo a ativação da autofagia, BP.TT
Assunto(s):Oncologia  Autofagia 

Resumo

O câncer humano representa um significante problema de saúde pública mundial, principalmente em casos em que ele se torna refratário à quimioterapia, radioterapia ou terapia fotodinâmica. Isso devido à evasão da apoptose, cujo comportamento aumenta a mortalidade por câncer. Como estratégia para se reverter essa realidade, tem-se investigado ultimamente a modulação da autofagia como uma nova abordagem antitumoral. Autofagia é um processo biológico cujo papel na oncogênese e progressão tumoral tem um caráter dicotômico - ora pró-mantenedor da homeostase tumoral frente a estresses intrínsecos e, ou estresse extrínsecos, ora modulador de morte celular programada. A ideia do Projeto proposto aqui baseia-se originalmente na modulação da autofagia mediante indução de estresse extrínseco bioquímico mediado por isômeros pentacíclicos triterpenóides - ácidos betulínico (AB) e oleanólico (AO). A modulação da autofagia proposta fundamenta-se no conceito de dano paralelo em membranas de lisossomas e mitocôndrias, cuja extensão do comprometimento mitofágico sinaliza para resgate, morte ou envelhecimento celular de queratinócitos humanos. Ao se modular o fluxo autofágico em células deficientes no gene relacionado à autofagia ATG7, será possível avaliar se o dano biofísico intracelular mediado por AB promove morte celular independente ou não do mecanismo autofágico. Sabe-se que a proteína ATG7 é necessária para a mitofagia, e quando silenciado há resistência tumoral a terapias, tais como Terapia Fotodinâmica e fotodano lisossomal induzido. Aplicando-se ferramentas biotecnológicas voltadas ao estudo molecular e celular será possível entender melhor o estado da arte da mitofagia no conceito proposto por Martins e colaboradores. Dessa forma, o projeto proposto poderá a longo prazo subsidiar conhecimentos científicos na área de desenvolvimento de novas drogas antitumorais e no entendimento de fisiopatologias humanas relacionadas à senescência e instabilidade genômica, tais como doença cardíaca, mal de Alzheimer, mal de Parkinson e doença de Huntington. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREITAS, JULIANA VESCOVI; JUNQUEIRA, HELENA COUTO; MARTINS, WALESKA KERLLEN; BAPTISTA, MAURICIO S.; GASPAR, LORENA RIGO. Antioxidant role on the protection of melanocytes against visible light-induced photodamage. Free Radical Biology and Medicine, v. 131, p. 399-407, FEB 1 2019. Citações Web of Science: 0.
MARTINS, WALESKA K.; SANTOS, NAYRA FERNANDES; ROCHA, CLEIDIANE DE SOUSA; BACELLAR, ISABEL O. L.; TSUBONE, TAYANA MAZIN; VIOTTO, ANA CLAUDIA; MATSUKUMA, ADRIANA YAMAGUTI; ABRANTES, ALINE B. DE P.; SIANI, PAULO; DIAS, LUIS GUSTAVO; BAPTISTA, MAURICIO S. Parallel damage in mitochondria and lysosomes is an efficient way to photoinduce cell death. AUTOPHAGY, v. 15, n. 2, p. 259-279, FEB 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.