Busca avançada
Ano de início
Entree

Effect of intercropped tropical perennial grasses on the production of sorghum-based silage

Processo: 16/20496-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de novembro de 2016 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Marcelo Andreotti
Beneficiário:Marcelo Andreotti
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Cerrado  Silagem  Sorgo  Gramíneas  Indicadores de produção científica  Artigo científico 

Resumo

O cultivo consorciado de sorgo [Sorghum bicolor (L.) Moench] com capins tropicais pode ser utilizado em sistemas de produção de silagem para aumentar a produtividade de massa seca, proporcionar a formação de pastagem após a colheita do sorgo e melhorar a eficiência de uso da terra (EUT). Objetivou-se comparar a produção e a qualidade da silagem de sorgo consorciada com capim-marandu [Urochloa brizantha (A. Rich.) Stapf 'Marandu'] ou capim-tanzânia [Megathyrsus maximus (Jacq.) B.K. Simon & S.W.L. Jacobs 'Tanzania'] com o sorgo em cultivo exclusivo, a pastagem na entressafra, bem como, as relações equivalentes de uso da terra desses sistemas durante dois anos agrícolas (2010-2011 e 2011-2012). O delineamento experimental foi em blocos completamente ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos foram: silagem de sorgo em cultivo exclusivo, silagem de sorgo consorciada com capim-marandu e silagem de sorgo consorciada com capim-tanzânia. A produtividade dos sistemas consorciados foi maior que o sorgo em cultivo exclusivo. O desenvolvimento da cultura do sorgo não foi afetado pelo consórcio com os capins. O consórcio do sorgo com capins tropicais, no geral, elevou os teores de fibra da silagem comparado ao sorgo em cultivo exclusivo; no entanto, esta é uma opção viável para produção de alimento com adequada qualidade nutricional. O consórcio do sorgo com capim-marandu elevou a relação equivalente de uso da terra, resultando em maior EUT. O consórcio do sorgo com capim-marandu e capim-tanzânia também elevou a produtividade relativa de nitrogênio comparado ao monocultivo do sorgo e não influenciou a agressividade e o coeficiente de adensamento relativo. O principal benefício destes sistemas de consórcio é o estabelecimento de pastagem durante a entressafra, que pode ser considerado uma boa estratégia de cultivo para as regiões tropicais. (AU)