Busca avançada
Ano de início
Entree

Vacina contra o HPV16/18: influência sobre a resposta imune Th1/Th2 sistêmica e cervicovaginal e sobre o microbioma vaginal

Processo: 16/08392-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2016 - 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Paulo César Giraldo
Beneficiário:Paulo César Giraldo
Instituição-sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Ana Katherine da Silveira Gonçalves de Oliveira ; Ana Paula Ferreira Costa ; Carla Taddei de Castro Neves ; José Eleutério Junior ; José Marcos Sanches Junior ; Michelle Garcia Discacciati de Carvalho
Assunto(s):Citocinas  Ginecologia 

Resumo

Fundamentos. A caracterização do microbioma vaginal frente a fatores que sabidamente influenciam sua composição, como o perfil da resposta imune local,assume grande importância nos dias atuais em que muitas mulheres poderão receber a vacina contra o HPV, a qual induz um microambiente imune local específico. Porém,ainda não está definido qual é o perfil de resposta imune TH1/TH2 sistêmica e localoriginada e qual é a sua relação com a composição do microbioma vaginal. Objetivo:Avaliar o perfil de citocinas TH1/TH2 local e sistêmico de mulheres imunizadas pela vacina bivalente HPV 16/18 (Cervarix®). Caracterizar a resposta imune cervicovaginal a partir da avaliação de citocinas TH1/TH2 e correlacionar com o microbioma vaginal,antes e após a vacinação. Métodos: Neste estudo piloto serão incluídas 20 mulheres,que receberão a vacina bivalente contra os HPV 16 e 18 no ambulatório de infecções genitais do Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti -CAISM daUniversidade Estadual de Campinas, Campinas, SP. Nas amostras séricas e cervicovaginais, serão realizadas as mensurações dos níveis de citocinas TH1 (INF-³,IL2, IL-12, TNF-±), TH2 (IL-4, IL-5, IL-10, IL-13) por ELISA multiplex. A análise do microbioma vaginal será feita pelos critérios bacteriscópicos de Nugent e pirossequenciamento do gene bacteriano RNA ribossômico 16S. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.