Busca avançada
Ano de início
Entree

Consequência das alterações causadas por marinas de recreação em ambientes costeiros para organismos inscrustantes marinhos

Processo: 16/17647-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2016 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Gustavo Muniz Dias
Beneficiário:Gustavo Muniz Dias
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Carlos Marques ; Danilo da Cruz Centeno ; Fernando Zaniolo Gibran ; João Paulo Naldi Silva ; Katherine Griffith ; Lueji Barros Pestana ; Stuart Rees Jenkins
Assunto(s):Ecologia marinha  Predação  Espécies invasoras  Poluição  Plasticidade fenotípica  Cobre  Incrustação 

Resumo

A construção de portos e marinas na região costeira promove diversas alterações nos ecossistemas marinhos. Para organismos sésseis, marinas aumentam o substrato para recrutamento, entretanto essas construções representam um habitat com pressões seletivas muito distintas do substrato natural, uma vez que associado ao aumento do substrato há também um aumento da poluição, o que vem facilitando a entrada de espécies não nativas. Um dos principais mecanismos naturais de controle da bioinvasão é a predação, uma vez que predadores têm o potencial para controlar a entrada de propágulos exóticos, assim como estruturar a comunidade incrustante. Entretanto, essa importância da predação é muito variável em função do local no globo onde a comunidade se desenvolve. Em regiões tropicais a intensa predação tende a diminuir a diversidade podendo controlar espécies exóticas, o que dificilmente é observado em regiões de clima temperado. Além das alterações na composição de espécies, marinas também afetam a diversidade fenotípica das espécies. Por exemplo, o cobre, que é usado na fabricação de tintas anti-incrustantes, é um dos metais pesados mais comuns em marinas, induzindo a manifestação de fenótipos alternativos em organismos sésseis. Apesar disso, as alterações metabólicas causadoras dessa plasticidade ainda não foram exploradas. Desta forma, esse projeto tem como objetivo avaliar como a disponibilidade de substrato afeta a estruturação das comunidades incrustantes em seis marinas do litoral sudeste do Brasil, comparar a importância da predação em uma região tropical/subtropical no Brasil com a uma região tropical em Angola e uma região de clima temperado no País de Gales, além de avaliar as alterações metabólicas promovidas pela exposição de um invertebrado séssil ao cobre. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAS, GUSTAVO M.; VIEIRA, EDSON A.; PESTANA, LUEJI; MARQUES, ANTONIO C.; KARYTHIS, SIMON; JENKINS, STUART R.; GRIFFITH, KATHERINE. Calcareous defence structures of prey mediate the effects of predation and biotic resistance towards the tropics. DIVERSITY AND DISTRIBUTIONS, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.
ORICCHIO, FELIPE THEOCHARIDES; DIAS, GUSTAVO MUNIZ. Predation and competition interact to determine space monopolization by non-indigenous species in a sessile community from the southwestern Atlantic Ocean. AQUATIC INVASIONS, v. 15, n. 1, SI, p. 127-139, MAR 2020. Citações Web of Science: 1.
ORICCHIO, FELIPE T.; MARQUES, ANTONIO C.; HAJDU, EDUARDO; PITOMBO, FABIO B.; AZEVEDO, FERNANDA; PASSOS, FLAVIO D.; VIEIRA, LEANDRO M.; STAMPAR, SERGIO N.; ROCHA, ROSANA M.; DIAS, GUSTAVO M. Exotic species dominate marinas between the two most populated regions in the southwestern Atlantic Ocean. Marine Pollution Bulletin, v. 146, p. 884-892, SEP 2019. Citações Web of Science: 1.
HIEBERT, LAUREL SKY; VIEIRA, EDSON A.; DIAS, GUSTAVO M.; TIOZZO, STEFANO; BROWN, FEDERICO D. Colonial ascidians strongly preyed upon, yet dominate the substrate in a subtropical fouling community. PROCEEDINGS OF THE ROYAL SOCIETY B-BIOLOGICAL SCIENCES, v. 286, n. 1899 MAR 20 2019. Citações Web of Science: 0.
VIEIRA, EDSON A.; FILGUEIRAS, HELOISA ROMEU; BUENO, MARILIA; PEREIRA LEITE, FOSCA PEDINI; DIAS, GUSTAVO MUNIZ. Co-occurring morphologically distinct algae support a diverse associated fauna in the intertidal zone of Araca Bay, Brazil. Biota Neotropica, v. 18, n. 1, p. -, 2018. Citações Web of Science: 0.
PESTANA, LUEJI BARROS; DIAS, GUSTAVO MUNIZ; MARQUES, ANTONIO CARLOS. A century of introductions by coastal sessile marine invertebrates in Angola, South East Atlantic Ocean. Marine Pollution Bulletin, v. 125, n. 1-2, p. 426-432, DEC 15 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.