Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e capacitação para fabricação, recorte, inspeção e realização de ensaios de corpos de prova em materiais compósitos atendendo as normas técnicas e requisitos exigidos pelo setor aeronáutico

Resumo

As indústrias aeronáutica e aeroespacial têm utilizado cada vez mais, materiais compósitos nas estruturas de suas aeronaves ou em estruturas que vão para o espaço. Muitas peças antes fabricadas em material metálico, estão migrando para materiais compósitos, estruturas secundárias: flaps, bordo de ataque e primárias: fuselagem, estão acompanhando essa tendência. Para que as aeronaves possam cada vez mais utilizar esse tipo de material, é necessário o conhecimento de suas propriedades e para isso, ensaios mecânicos, físico-químicos devem ser realizados em corpos de prova que simulem a nova estrutura idealizada. Atualmente, no Brasil não são encontradas empresas capacitadas para fabricação dos corpos de prova em materiais compósitos, inspeção e ensaios estruturais e que ao mesmo tempo, atenda à cadeia produtiva da indústria aeronáutica/espacial, cumprindo requisitos das normas técnicas internacionais. Em função desse panorama, a presente proposta de projeto tem como objetivo o desenvolvimento de capacitação para fabricação, recorte e inspeção dimensional e não destrutiva de corpos de prova em materiais compósitos, para realização de ensaios mecânicos, físico-químicos e térmicos. Para isso, serão fabricadas placas em material compósito, a partir de pré-impregnados de fibra de vidro e de carbono/resina epóxi, colagem de tab, recorte e ensaio do corpo de prova, além do acompanhamento de cura do material, por DSC (calorimetria exploratória diferencial), metalografia e digestão ácida, para a verificação de volume de vazios. Com o presente projeto espera-se ter uma indústria capacitada para o cumprimento de todo o ciclo de fabricação de corpos de prova, desde a produção, inspeção e ensaios, associando alta qualidade e rastreabilidade, alta segurança, flexibilidade e produtividade. Os impactos desse projeto envolvem o pronto atendimento às necessidades de fabricação de corpos de prova para indústria aeroespacial e de defesa instaladas no país, com repercussão direta no desenvolvimento e produção de novos produtos, bem como atendimento aos requisitos de certificação de segurança exigidos pelas agências reguladoras do setor. (AU)